Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Brasil repetirá este ano expressivo resultado em comércio exterior, diz ministro



15/08/2018 | 11:35


O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima, disse nesta quarta-feira, 15, na abertura do Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex), realizado no Rio de Janeiro, que o Brasil conseguirá repetir este ano o expressivo resultado no comércio exterior verificado em 2017, quando as exportações voltaram a crescer depois de cinco anos e o país registrou superávit de US$ 67 bilhões. Segundo ele, nos primeiros sete meses de 2018, a corrente de comércio do País com o mundo aumentou 13%, acompanhando o avanço de 12% da produção industrial no primeiro semestre.

Para o ministro, o maior desafio é estabelecer um elo consistente e duradouro entre o crescimento do País e o aumento do comércio exterior em um momento de aumento do protecionismo mundial. Para isso, disse, é preciso manter as negociações para firmar novos acordos de comércio.

"O resultado de disputas comerciais pode ser nefasto. Medidas unilaterais poderão levar à redução do emprego e da renda, sobretudo em países como o Brasil", afirmou, ao tratar da disputa entre Estados Unidos e China.

Lima declarou que o Brasil mantém negociações com mais de 15 países para firmar novos acordos de comércio, além da União Europeia, cujo acordo está sendo negociado de forma conjunta com os outros países do Mercosul. O ministro citou Canadá e Índia e disse que inicia negociações com a Coreia do Sul.

Em relação ao acordo com a União Europeia, o ministro lembrou que agosto é mês de férias nos países europeus, o que reduz o ritmo dos trabalhos. Informou, porém, que uma nova reunião bilateral deve ocorrer em setembro, em Montevidéu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;