Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 24 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

65% dos usuários de Android no Brasil perdem seus dispositivos

Da Redação, com assessoria

14/08/2018 | 15:18


De acordo com um estudo da Kaspersky Lab, 4% das pessoas em todo o mundo já tiveram um dispositivo perdido ou roubado. No Brasil, por exemplo, mais da metade (65%) dos casos envolveu dispositivos Android, seguidos de laptops (19%) e iPhone (20%). O grande problema, contudo, é que a substituição de um dispositivo perdido ou roubado pode chegar a alguns milhares de reais.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Para driblar essa situação desagradável, é possível contar com uma série de ferramentas antirroubo simples e eficazes à disposição no mercado. Com elas, o usuário pode ativar o alarme do dispositivo caso ele seja roubado, pode localizar e bloquear o aparelho à distância, ou até tirar um retrato oculto do criminoso. Apesar dos riscos e da disponibilidade dessas opções de segurança, a pesquisa da Kaspersky Lab mostra que apenas 21% dos usuários brasileiros tira proveito dos recursos antirroubo para proteger seus dispositivos.

Leia mais: 
Rastreador de celular: veja como encontrar seu aparelho Android ou iPhone
Por meio do IMEI, site da Polícia Militar te ajuda a encontrar seu smartphone roubado

Confira todos os dispositivos testados pelo 33Giga:

 
 

  • Fone JBL T450BT. O teste completo em https://wp.me/p7AVMp-eKM
  • Testamos: por R$ 330, caixa de som Pulse é resistente à água e dura mais de cinco horas

<
>

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;