Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Lesão no calcanhar volta a atrapalhar sequência de Gustavo Scarpa no Palmeiras

Cesar Grecco/Agência Palmeiras/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/08/2018 | 11:15


O meia Gustavo Scarpa, do Palmeiras, ganhou nesta semana um outro obstáculo à sua evolução. Depois de sofrer nos últimos meses com problemas judiciais pelas brigas com o ex-clube, o Fluminense, o jogador tem pela frente uma inflamação no calcanhar do pé direito, situação que deve tirá-lo de combate pelas próximas partidas como a desta quinta-feira contra o Bahia, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela rodada de volta das quartas de final da Copa do Brasil.

Contratado em janeiro, Gustavo Scarpa tem enfrentado uma temporada de contratempos. O jogador precisou esperar semanas para poder estrear pois não havia feito a pré-temporada corretamente devido à briga judicial iniciada com o Fluminense para conseguir a rescisão do vínculo. Logo depois, em março, precisou ser afastado do Palmeiras para resolver pendências contratuais.

O Fluminense havia derrubado a liminar que o liberou do vínculo com a equipe carioca e, com isso, Gustavo Scarpa ficou três meses parado até conseguir um habeas corpus que lhe permitiu retomar o contrato com o Palmeiras.

O retorno não lhe garantiu tranquilidade, pois a briga na Justiça continua e nas últimas semanas, por exemplo, o meia precisou recorrer de bloqueio judicial no valor de R$ 200 milhões nas suas contas bancárias que havia sido determinado pela 70.ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.

Com apenas 17 partidas pelo Palmeiras em 2018, a maior parte delas pelo Campeonato Paulista, o jogador sofreu no último domingo contra o Vasco um problema no calcanhar direito, que o faz agora se afastar do time por motivos médicos, e não jurídicos. A previsão inicial de recuperação era de um mês, estimativa alterada por um panorama mais otimista. No entanto, nesta quinta-feira ele deve novamente ser desfalque.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;