Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Quase 100 mil são empreendedores individuais na região

Antonio Cruz/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

São Bernardo, cidade com maior nº de inscrições, aposta na oferta de serviços e orientações sobre o assunto


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

14/08/2018 | 07:03


Atualmente, o Grande ABC possui 99.289 MEIs (Micro Empreendedores Individuais) nas sete cidades, segundo dados do Portal do Empreendedor. Significa que 51% do total de trabalhadores informais das sete cidades, estimado em 194.014 pessoas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), possuem CNPJ e emitem nota fiscal ao executar produção, serviço ou venda.

A cidade com o maior número de MEIs é São Bernardo (31.218), que para incentivar ainda mais a formalização lançou a Sala do Empreendedor Itinerante, que percorre bairros tirando as dúvidas sobre o tema.

Nos dois primeiros dias, a iniciativa da Prefeitura junto ao Sebrae-SP (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado de São Paulo), que foi lançada no dia 3, registrou 200 atendimentos. Com o objetivo de levar informações e sanar dúvidas a diversas áreas da cidade, a van já passou pelos bairros Vila São Pedro e Assunção. A ideia é disseminar a orientação que o morador encontraria apenas no Paço Municipal, na Sala do Empreendedor.

“A maioria dos atendimentos é de empreendedores que queriam saber se a documentação estava certa. Além disso, há muitas pessoas que têm vontade de empreender e vão buscar uma orientação sobre fluxo de caixa, crédito e cursos, por exemplo”, afirmou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Trabalho e Turismo Hiroyuki Minami. Ele destacou que os funcionários também orientam os comerciantes das proximidades que a van está instalada e os convidam para conhecer o serviço.

O morador do bairro dos Casa, Wesley Santos Cavalcante, 23 anos, é um dos que sonha em ter o próprio negócio. Ele, que está desempregado e estuda para prestar concurso, conheceu o veículo no bairro Assunção. “Penso em abrir algo voltado para a Educação, prestação de serviço, mas não tenho nenhuma base de empreendedorismo, não sei por onde começar, o que é um dos meus maiores impasses. Achei muito legal a preocupação em trazer para as áreas mais distantes este atendimento”, disse ele, que já tinha procurado o serviço da Prefeitura e se inscreveu em curso sobre o assunto.

O MEI é o indivíduo que trabalha por conta própria e se legaliza como empreendedor individual, podendo faturar, no máximo, até R$ 81 mil por ano (de janeiro a dezembro), ou cerca de R$ 6.750 por mês. Ele não pode ter participação em outra empresa como sócio ou titular, e tem direito a apenas um funcionário.

De acordo com Minami, desde o início da gestão municipal atual, em 2017, o número de MEIs formados na Sala do Empreendedor cresceu 40% em quase dois anos. “Há realmente uma vontade por parte de pessoas que não conseguem encontrar um emprego formal de ter uma alternativa e construir um negócio. Por isso estamos trabalhando na questão da capacitação e da formalização”, disse.

“Essa ideia é realmente para pulverizar esta assessoria, levá-la para a área periférica, que conta com muitos empreendedores, e assessorar não só os ativos, mas os empreendedores antigos que possuem alguma dúvida ou queiram expandir seu negócio, por exemplo. O Sebrae tem a estrutura e o município quer investir. É uma parceria que vem dando certo para todos”, destacou a gestora dos projetos de universidades do Grande ABC pelo Sebrae-SP, Amanda Braida.

A iniciativa estaciona amanhã na Praça da Matriz, no Centro, e na sexta-feira no posto Atende Bem do Alvarenga. Na próxima terça-feira, dia 21, o serviço ficará na Praça Santa Filomena, região central da cidade, e no Atende Bem do Rudge Ramos e, na sexta-feira, dia 24. O horário de atendimento ao público é das 10h às 16h.

A parceria entre Sebrae-SP e Prefeitura oferece cursos e palestras, parte do programa 1.000 MEIs – Qualifica e Empreende. Amanhã, oficina sobre vendas será ministrada na Sala do Empreendedor. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;