Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Queria ser bissexual, todo mundo gostaria', diz Fernanda Young

Reprodução / Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


13/08/2018 | 15:01


A apresentadora e escritora Fernanda Young falou a respeito de sua sexualidade em entrevista ao canal de Leda Nagle no YouTube.

Fernanda falou sobre a experiência de beijar outras mulheres em sua juventude: "Na década de 80, quando nós ficávamos com as amigas, isso era uma provocação. Mas é claro, eu era adolescente então também tinha uma coisa da descoberta da sexualidade, que depois eu levei a cabo".

"Mas concluí, com um certo pesar, que não é da minha natureza. Não sou uma pessoa que na minha sexualidade, no meu quarto escuro, na minha intimidade, deseje a mulher ou que pense na mulher. Não penso numa transa com mulher. Minhas fantasias tão sempre envoltas no universo masculino, do pênis".

"Eu queria ser bissexual. É lindo, né? Todo mundo gostaria. Seria tão razoável. Mas não sou", prosseguiu.

Em outro momento da conversa, Fernanda deu sua visão sobre o movimento feminista: "O feminismo existe e é necessário, mas o feminismo que exclui o homem, - que já escutei isso, também. ''O feminismo é o pensamento da mulher''. Escutei isso de uma feminista - Calminha."

"Se a gente quer ser ao contrário do homem, o homem vai ser machista, que tal a gente chamar para entender a beleza e a necessidade do feminino no mundo, do feminino nele, da energia feminina?", questionou.

Fernanda ainda afirmou que está escrevendo um programa de comédia que deve estrear na Globo em 2019.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Queria ser bissexual, todo mundo gostaria', diz Fernanda Young


13/08/2018 | 15:01


A apresentadora e escritora Fernanda Young falou a respeito de sua sexualidade em entrevista ao canal de Leda Nagle no YouTube.

Fernanda falou sobre a experiência de beijar outras mulheres em sua juventude: "Na década de 80, quando nós ficávamos com as amigas, isso era uma provocação. Mas é claro, eu era adolescente então também tinha uma coisa da descoberta da sexualidade, que depois eu levei a cabo".

"Mas concluí, com um certo pesar, que não é da minha natureza. Não sou uma pessoa que na minha sexualidade, no meu quarto escuro, na minha intimidade, deseje a mulher ou que pense na mulher. Não penso numa transa com mulher. Minhas fantasias tão sempre envoltas no universo masculino, do pênis".

"Eu queria ser bissexual. É lindo, né? Todo mundo gostaria. Seria tão razoável. Mas não sou", prosseguiu.

Em outro momento da conversa, Fernanda deu sua visão sobre o movimento feminista: "O feminismo existe e é necessário, mas o feminismo que exclui o homem, - que já escutei isso, também. ''O feminismo é o pensamento da mulher''. Escutei isso de uma feminista - Calminha."

"Se a gente quer ser ao contrário do homem, o homem vai ser machista, que tal a gente chamar para entender a beleza e a necessidade do feminino no mundo, do feminino nele, da energia feminina?", questionou.

Fernanda ainda afirmou que está escrevendo um programa de comédia que deve estrear na Globo em 2019.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;