Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Cooperativismo: ponte para o futuro


Do Diário do Grande ABC

13/08/2018 | 09:54


Movimento que se fortalece no mundo todo, responsável por números que impressionam. Este é o cooperativismo. Capaz de gerar milhões de empregos, com crescimento sustentável, o modelo nasceu com princípios claros e sólidos, que permeiam gerações. Valores que passam pela cooperação, equilíbrio e transformação. Mais que modelo de negócio, o cooperativismo é filosofia de vida centrada no ser humano e na conexão de pessoas com um propósito comum.

No País, o cooperativismo prova a existência de alternativa econômica viável em unir ideias e propostas coletivas de crescimento. Práticas como justiça, igualdade, ajuda mútua e autossustentabilidade fazem com que o sistema cooperativo seja capaz de gerar milhões de empregos e crescimento sustentável. Para se ter ideia, as 300 maiores cooperativas do planeta geram volume de negócios anual de US$ 2,5 trilhões, segundo dados da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras). 

No modelo cooperativista todos constroem e ganham juntos. Em uma cooperativa, o que tem mais valor são as pessoas. Quanto mais o cooperado se desenvolve, a comunidade na qual ele está inserido também cresce, e a consequência é o sucesso da cooperativa. Essa definição também se encaixa perfeitamente no contexto da economia colaborativa, que está mudando nossas relações pessoais. Exemplos disso são as tendências globais AirBNB e Uber, que passaram a fazer parte do mundo corporativo e estão em constante crescimento. 

Outra palavra de ordem no universo cooperativista é a sustentabilidade. Cooperativas investem em práticas como inovação, consumo consciente, respeito à natureza e à coletividade. O compromisso com a inovação começa pelo ambiente, que precisa ser favorável. Acredito ainda que criar condições, compartilhar ideias e potencializar o talento das pessoas são tripé importante para o fomento da inovação. 

Ser cooperativista também é zelar pelo bem-estar social, querer impactar não só a sua própria realidade, mas a da comunidade e a do mundo. Acreditar que é possível colocar do mesmo lado o que parece oposto: o individual e o coletivo, desenvolvimento econômico e desenvolvimento social, a produtividade e a sustentabilidade. E, assim, colaborar para a construção do futuro. 

E para essa transformação as novas tecnologias servem como meio. É o engajamento das pessoas em cultura de colaboração e compartilhamento que contribui para que o cooperativismo permaneça sólido, como modelo que ultrapassa séculos, contribui com o progresso e se destaca ao promover melhores oportunidades e soluções inovadoras para todos. 

Luiz Paulo Tostes Coimbra é presidente da Unimed Volta Redonda e diretor comercial e de marketing na Seguros Unimed.

Palavra do leitor

Memória

 Sou leitor assíduo do Diário. Todos os dias, quando pego o jornal, após uma avaliada na primeira página, passo de imediato para o caderno Setecidades para ver, na página dois, a coluna Memória, sob a responsabilidade do talentoso jornalista Ademir Medici. Ao ler as publicações do Medici, parece que estou voltando ao passado e convivendo com os personagens dos textos. A sua coluna, neste domingo (dia 12) foi simplesmente magnífica abordando três importantes fatos históricos. Mas o que mais me chamou a atenção foi o registro do dia 30 de agosto de 1988, quando o jornal publicava matéria exclusiva com o ator e produtor do cinema brasileiro Mazzaropi. Interessante desse registro é que a entrevista foi feita pelo então editor-chefe Fausto Polesi. O entrevistado e o entrevistador, infelizmente, já não estão mais neste mundo. Lamento apenas que essa matéria histórica que completou 30 anos não tenha sido republicada para que leitores e leitora deste periódico pudessem voltar um pouco ao passado lendo a entrevista.

Arlindo Ligeirinho Ribeiro

Diadema

Mauá

 Como estão sofrendo moradores de Mauá com administrações desastrosas dos ex-prefeitos Donisete Braga (PT na época) e Atila Jacomussi (PSB), preso recentemente envolvido na Operação Prato Feito, da Polícia Federal, que investiga esquemas de fraudes nos serviços de merenda escolar. O calvário continua com a atual prefeita Alaíde Damo (MDB) que, pelo visto, mal conhece a cidade que administra. Isso posto, a mais nítida e triste realidade que salta aos olhos é a situação que se encontra o principal Hospital da cidade, o Doutor Radamés Nardini (Política, dia 10). Visitado por dois deputados da CPI que investiga irregularidades em contratos de prefeituras com organizações sociais e pela equipe de reportagem do Diário, no local foram encontradas pilhas de remédios vencidos, equipamentos hospitalares e móveis abandonados e pasmem, até pomba morta foi vista no local. A cidade está parecendo a Casa da Mãe Joana e os munícipes não merecem tanto descaso. Saúde é coisa séria. 

Mauri Fontes

Santo André

Eleições

 Para as próximas eleições, esperamos que o povo brasileiro comece a colocar em prática o ditado de que é melhor andar só do que mal acompanhado. Portanto, quanto mais coligação, mais corrupção e mais atraso na Nação. Vamos votar conscientes. 

Sérgio Antônio Ambrósio

Mauá

Voto no Grande ABC

 Muito bem lembrado pelo Diário o movimento Vote no Grande ABC, de 1994. Teve o engajamento de toda a sociedade cidadã, com total apoio do jornal. Associações comerciais, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), sindicatos, e as ONGs (Organizações Não Governamentais), na época representadas pelo MDV (Movimento de Defesa da Vida), levaram seus representantes máximos pessoalmente aos cruzamentos, distribuindo folhetos e trabalhando no convencimento da causa. Conseguimos reunir a maior pluralidade de segmentos pela causa comum. Mesmo correndo o risco de não estar fazendo justiça aos demais, cito alguns nomes como Wilson Ambrosio (Acisa), Antonio Carlos Cedenho (OAB), Carlos Grana (sindicatos), Luiz de Felipe, Fausto Cestari (Fiesp) e tantos outros. Foi uma vitória nunca mais vista, elegemos na época cinco deputados federais e oito estaduais. Espero que novo movimento siga o exemplo e supere essa marca.

Evaristo de Carvalho Neto

Santo André

Discursos

 Quem ouve os confusos discursos e opiniões dos postulantes ao cargo de presidente da República chega à inequívoca conclusão de que os indecisos não são os eleitores, mas os próprios candidatos, que até o presente momento não disseram a que vieram.

Luís Fernando Amaral

Laguna (SC)

Erdogan e Trump

 O autoritário presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, como resultado da sua exclusiva preocupação de somente prender seus opositores, inclusive jornalistas, abandonou a economia do País. Que entra em grave crise, com sua moeda (a Lira) desvalorizando 20%. E, em consequência, pode até dar um calote na comunidade financeira internacional. Os efeitos já chegaram ao Brasil, com a bolsa tendo forte queda na sexta-feira, de 2,86%, e o dólar subindo 1,75% (chegou a R$ 3,86). Para piorar, o perturbado, inconsequente e incompetente presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, abandonando a tradição norte-americana de colaborar com seus aliados, autoriza sobretaxar a importação de produtos da Turquia, como o aço em 50%, e alumínio 20%. Na realidade, esses dois presidentes irresponsáveis se merecem.

Paulo Panossian

São Carlos (SP)

Venezuela

 A continuar esse verdadeiro êxodo da Venezuela em direção aos países vizinhos, logo o tirano Nicolás Maduro não terá a quem governar. Com ironia, por favor!

Maria Elisa Amaral

Capital

Presente

 Nesses tempos bicudos, no Dia dos Pais, num primeiro momento eu ia me presentear com uma BMW 2019, mas optei por um MP4, com capacidade para 500 músicas, que certamente me proporcionará muito mais prazer e economia. Sem ironia, por favor!

José Marques

 Capital



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados