Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Barcelona ganha do Sevilla de virada e conquista o título da Supercopa da Espanha



12/08/2018 | 20:53


O Barcelona começou a temporada 2018/2019 da mesma forma como terminou a anterior: ganhando título. Neste domingo, na decisão em jogo único da Supercopa da Espanha, disputado na cidade de Tanger, no Marrocos, o time da Catalunha derrotou de virada o Sevilla por 2 a 1 para ficar com a taça que abre oficialmente o calendário do país ibérico.

O título conquistado neste domingo é o primeiro do Barcelona desde a saída do meia Andrés Iniesta, que foi jogar no Japão. Assim, é a primeira vez que o craque argentino Lionel Messi levanta uma taça como capitão e, de quebra, se tornou o jogador com mais conquistas no clube catalão. Chegou a 33, deixando para trás justamente Iniesta, com 32.

Em campo, a novidade na Espanha é a utilização do árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês). E ele estreou logo no início, no gol do Sevilla aos oito minutos. Sarabia aproveitou uma bola pela direita do ataque, recebeu livre dentro da área e mandou para o fundo das redes. No primeiro momento, o árbitro não validou o gol e aguardou a posição do VAR. Após a confirmação de que a posição era legal do atacante, ele foi validado.

Em desvantagem, o Barcelona foi para cima e fez isso da forma como sabe: impondo velocidade na troca de passes e adiantando suas linhas. O empate veio pouco antes do intervalo. Messi cobrou falta no canto esquerdo, a bola bateu na mesma trave duas vezes e no tornozelo do goleiro Vaclik. O zagueiro Piqué, então, ficou com a sobra e só tocou para o fundo do gol.

Na segunda etapa, o técnico Ernesto Valverde fez algumas alterações que deram mais volume de jogo para o Barcelona. Rafinha deu lugar ao croata Rakitic logo no intervalo e, aos sete minutos, Arthur, que sofreu a falta que originou o gol de empate, foi sacado para a entrada de Philippe Coutinho.

O jogo seguia equilibrado e o Sevilla ameaçava algumas vezes, como em uma bola no travessão após escanteio pela direita. Aí, aos 35 minutos, apareceu Dembélé, jovem francês que estava escondido na partida até então. Com espaço pela ponta direita, o campeão do mundo na última Copa arriscou de longe e acertou um belo chute no ângulo. A bola ainda tocou o travessão antes de entrar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Barcelona ganha do Sevilla de virada e conquista o título da Supercopa da Espanha

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;