Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Técnico do PSG diz que Neymar é um líder quando está feliz: 'Meu jogador chave'

Reprodução/Instagram  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


11/08/2018 | 08:49


O treinador alemão Thomas Tuchel, contratado para comandar o Paris Saint-Germain na atual temporada, elogiou Neymar e disse que conta com a liderança do jogador brasileiro dentro de campo. O técnico prepara o time dele para a estreia no Campeonato Francês, em partida contra o Caen, às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Parc des Princes, em Paris.

"Está claro que ''Ney'' é meu jogador chave. Ele é um dos melhores do mundo e um artista. Há várias formas de ser um líder. No caso dele, isso acontece quando está feliz, por causa da criatividade dele, por inspirar os outros e pelos riscos que assume em campo", analisou Tuchel em coletiva de imprensa neste sábado, em Paris.

O técnico acredita que não precisa haver uma pressão exagerada no brasileiro. "Há muitas formas de liderar. Alguns são responsáveis pela defesa, tarefa que não é de Neymar. Não existe só um líder, na equipe há vários e Neymar é um deles", concluiu o alemão.

Sem revelar quem vai ser o goleiro titular neste domingo, Tuchel exaltou o italiano Gianluigi Buffon, contratado pelo PSG em julho. "''Gigi'' é um jogador de elite, profissional de primeiro nível. É uma lenda, humilde, muito educado e tem uma influência grande dentro da equipe", relatou o treinador, que também tem as opções do alemão Kevin Trapp e do francês Alphonse Aréola para a posição.

A estreia do PSG em partidas oficiais nesta temporada aconteceu no último sábado, quando o clube de Paris bateu o Monaco por 4 a 0 e conquistou o título da Supercopa da França, em jogo disputado em Shenzhen, na China. Buffon foi titular no confronto e Neymar entrou aos 21 minutos do segundo tempo, quando o placar já estava 3 a 0.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Técnico do PSG diz que Neymar é um líder quando está feliz: 'Meu jogador chave'


11/08/2018 | 08:49


O treinador alemão Thomas Tuchel, contratado para comandar o Paris Saint-Germain na atual temporada, elogiou Neymar e disse que conta com a liderança do jogador brasileiro dentro de campo. O técnico prepara o time dele para a estreia no Campeonato Francês, em partida contra o Caen, às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Parc des Princes, em Paris.

"Está claro que ''Ney'' é meu jogador chave. Ele é um dos melhores do mundo e um artista. Há várias formas de ser um líder. No caso dele, isso acontece quando está feliz, por causa da criatividade dele, por inspirar os outros e pelos riscos que assume em campo", analisou Tuchel em coletiva de imprensa neste sábado, em Paris.

O técnico acredita que não precisa haver uma pressão exagerada no brasileiro. "Há muitas formas de liderar. Alguns são responsáveis pela defesa, tarefa que não é de Neymar. Não existe só um líder, na equipe há vários e Neymar é um deles", concluiu o alemão.

Sem revelar quem vai ser o goleiro titular neste domingo, Tuchel exaltou o italiano Gianluigi Buffon, contratado pelo PSG em julho. "''Gigi'' é um jogador de elite, profissional de primeiro nível. É uma lenda, humilde, muito educado e tem uma influência grande dentro da equipe", relatou o treinador, que também tem as opções do alemão Kevin Trapp e do francês Alphonse Aréola para a posição.

A estreia do PSG em partidas oficiais nesta temporada aconteceu no último sábado, quando o clube de Paris bateu o Monaco por 4 a 0 e conquistou o título da Supercopa da França, em jogo disputado em Shenzhen, na China. Buffon foi titular no confronto e Neymar entrou aos 21 minutos do segundo tempo, quando o placar já estava 3 a 0.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;