Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Chiquinho do Zaíra evita comentar ida de Simão ao governo

Marina Brandão/Arquivo DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Apoiador do projeto eleitoral do vereador, ex-parlamentar virou secretário da gestão de Alaíde na terça


Junior Carvalho

11/08/2018 | 07:40


Candidato a deputado estadual, o vereador Chiquinho do Zaíra (Avante), de Mauá, evitou comentar a nomeação do correligionário Luiz Alfredo do Santos Simão, seu ex-colega de Câmara e apoiador do seu projeto eleitoral neste ano, no governo da prefeita interina Alaíde Damo (MDB). No início desta semana, Simão foi confirmado como novo secretário de Segurança.

Questionado pelo Diário sobre o que achou da nomeação de Simão na gestão do clã Damo, Chiquinho desconversou. “Não quero falar sobre isso. Acho melhor você (repórter) perguntar para ele (Simão). Não tenho a ver (com a nomeação)”, afirmou, em tom aparente de constrangimento.

Interlocutor do Paço mauaense, o secretário Antônio Carlos de Lima (PRTB, Governo), sobrinho de Alaíde, argumentou que a nomeação de Simão ocorreu em consequência de conversa individual com o ex-parlamentar e que a negociação não envolveu o partido, tampouco a candidatura de Chiquinho do Zaíra.

Ex-supersecretário de Leonel Damo (hoje sem partido), Chiquinho já admitiu ao Diário que vislumbra ter apoio do governo Alaíde Damo, mulher do ex-prefeito, na disputa eleitoral deste ano. O parlamentar, inclusive, afirmou que “neste momento” se declarava como independente “para ver como vai se posicionar o governo”. “Lógico que eu quero (apoio de Alaíde), de todos. Quero apoio do governo atual, do governo que passou, do governo da oposição (sic).

Candidato não nega apoio de ninguém. Não tenho problema nenhum em dobrar com candidato do governo. Também não tenho dificuldades em ser o candidato do governo, se for necessário”, disse o parlamentar, na ocasião do lançamento de sua candidatura.

Pelos corredores do Paço, comenta-se que já há aproximação de Chiquinho com a administração. Neste sentido, estaria encaminhada dobrada extraoficial com Vanelli Damo (PRB), filha de Alaíde e que virá como candidata a deputada federal. Outro integrante do do governo na campanha de Chiquinho é o secretário Chico do Judô (Patriota, Serviços Urbanos). Simão foi secretário de Habitação na gestão Donisete Braga (Pros).  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;