Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

China anuncia tarifas de 25% sobre US$ 16 bi em produtos dos EUA



08/08/2018 | 10:49


O Ministério do Comércio da China anunciou tarifas retaliatórias de 25% sobre US$ 16 bilhões em produtos dos Estados Unidos a partir de 23 de agosto. A medida é uma reação, após o Escritório do Representante de Comércio dos EUA (USTR, na sigla em inglês) anunciar ontem que, a partir do mesmo dia 23, haverá tarifas adicionais de US$ 25% sobre US$ 16 bilhões em importações chinesas.

Por meio de um porta-voz, o governo chinês qualificou a decisão dos EUA como contrária à lei internacional é também como algo "não razoável". Além disso, o funcionário afirmou que a intenção é salvaguardar os direitos e interesses da China no sistema multilateral.

De acordo com o Ministério do Comércio, no total serão 333 produtos que serão atingidos pelas tarifas. Entre eles, petróleo bruto, carvão, diesel e alumínio. As tarifas serão aplicadas a partir da 00h01 (horário local) do dia 23 de agosto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

China anuncia tarifas de 25% sobre US$ 16 bi em produtos dos EUA


08/08/2018 | 10:49


O Ministério do Comércio da China anunciou tarifas retaliatórias de 25% sobre US$ 16 bilhões em produtos dos Estados Unidos a partir de 23 de agosto. A medida é uma reação, após o Escritório do Representante de Comércio dos EUA (USTR, na sigla em inglês) anunciar ontem que, a partir do mesmo dia 23, haverá tarifas adicionais de US$ 25% sobre US$ 16 bilhões em importações chinesas.

Por meio de um porta-voz, o governo chinês qualificou a decisão dos EUA como contrária à lei internacional é também como algo "não razoável". Além disso, o funcionário afirmou que a intenção é salvaguardar os direitos e interesses da China no sistema multilateral.

De acordo com o Ministério do Comércio, no total serão 333 produtos que serão atingidos pelas tarifas. Entre eles, petróleo bruto, carvão, diesel e alumínio. As tarifas serão aplicadas a partir da 00h01 (horário local) do dia 23 de agosto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;