Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Trabalhadores dos Correios votam por estado de greve até dia 14

Agência Brasil  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

08/08/2018 | 07:20


Após rejeição da proposta de reajuste salarial feita pelos Correios aos trabalhadores, a empresa ingressou com pedido de mediação junto ao TST (Tribunal Superior do Trabalho). O ministro Renato de Lacerda Paiva, vice-presidente do TST, propôs manter os termos do último acordo coletivo e assegurar a reposição da inflação no período sobre salário e benefícios. Os empregados votaram ontem à noite pela manutenção do estado de greve até dia 14, enquanto avaliam o que foi oferecido até amanhã. E os Correios têm até sexta-feira para se posicionar.

De acordo com o diretor regional do Sintect-SP (Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios, Telégrafos e Similares de São Paulo, Grande São Paulo e Zona Postal de Sorocaba), José Luiz de Oliveira, o principal impasse estava na correção salarial, uma vez que os Correios propõem reajuste de reposição de 60% do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), ou 2,21%, mas a inflação dos 12 meses terminados em junho é de 3,68%. O TST, no entanto, sugeriu, como proposta de mediação, a reposição integral do INPC.

Outro ponto lamentado pelo sindicalista é que a estatal, em crise, quer retirar direitos dos carteiros, por exemplo, reduzir de seis para três dias o acompanhamento a dependentes em consultas médicas, a exclusão do vale-cultura. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;