Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Clássico revisitado

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da região, Ícaro Silva integra elenco do musical ‘Romeu e Julieta’, com canções de Marisa Monte


Daniela Pegoraro
Especial para o Diário

08/08/2018 | 07:00


Conhecida história de amor e tragédia escrita por William Shakespeare, Romeu e Julieta (entre 1593 e 1594) já ganhou inúmeras montagens ao redor do mundo. Desta vez, a versão tem diferentes ares, sendo narrada por canções do repertório de Marisa Monte.São 25 canções, tanto de sua carreira solo quanto do projeto Tribalistas, como Amor I Love You, Beija Eu e Não Vá Embora.

Terminada a temporada no Rio de Janeiro, o musical chega à Capital paulista pela primeira vez, com estreia marcada para sexta-feira. Em seu elenco, está o ator Ícaro Silva, de São Bernardo, que estrela como o personagem Mercuccio. Distanciado-se de outras montagens tradicionais, o espetáculo traz a diversidade étnica do Brasil para seus protagonistas, adaptando, em partes, a obra para a atualidade. “É versão contemporânea, em que a história atravessa os anos, mas mantém toda a poesia de Shakeaspeare”, contou o roteirista Gustavo Gasparani ontem, em evento para imprensa.

O principal de retomar um dos espetáculos teatrais mais clássicos, de acordo com a atriz Stella Maria Rodrigues, que interpreta a Ama da família Capuleto, é o amor. “A gente sabe o desfecho, mas sempre torcemos para que essa história termine de outra maneira”. Já Bárbara Sut, que interpreta a protagonista Julieta, explica que a trama dialoga com o momento atual no País. “É um musical necessário sobre sobreviver do amor e ultrapassar o ódio.”

São 24 pessoas integrando o elenco, as quais foram escolhidas depois de mais de dois meses de testes. A questão da cor dos personagens deixou de ser, de fato, uma questão. “É necessário que existam elencos tão diversos quanto este. Precisamos começar a construir a identidade brasileira não apenas em questões raciais, mas também de sexualidade e gênero”, conta o ator Ícaro Silva, ao Diário.

O artista, inclusive, produz um espetáculo que leva como objetivo contar a história e protagonismo da música negra, apresentando nomes como Michael Jackson, Bob Marley, Tim Maia e Wilson Simonal, o Ícaro and The Black Stars. “Fechamos temporada incrível no Rio de Janeiro. Tenho planos de fazer uma turnê pelo País, de passar com certeza por São Paulo e Grande ABC”, revelou.

O ator ainda tem mais dois projetos vindos direto do forno. O filme Legalize Já, que estreia em 18 de outubro, trata da formação do Planet Hemp, que nasceu entre a amizade Skunk, interpretado por Ícaro, e Marcelo D2 (Renato Foés).

Experimentando diferentes formatos, o ator participa até mesmo de séries de streaming. Ícaro faz parte do elenco de Coisa Mais Linda, com produção da Netflix. Ainda sem previsão de estreia, a série se passa em 1950. São sete episódios que contam a história de Maria Luiza (Maria Casadevall), mulher conservadora e submissa. Quando se muda para o Rio de Janeiro a fim de abrir um restaurante, entra em contato pela primeira vez com o feminismo.

Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte – Musical. No Teatro Frei Caneca – Rua Frei Caneca, 569, em São Paulo. De 10 de agosto a 21 de outubro. Com sessões às quintas, às 19h; sextas, às 20h30; aos sábados, às 16h e 20h, e domingos, às 19h. Ingr.: de R$ 50 a R$ 200 na bilheteria local ou pelo Ingresso Rápido.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Clássico revisitado

Da região, Ícaro Silva integra elenco do musical ‘Romeu e Julieta’, com canções de Marisa Monte

Daniela Pegoraro
Especial para o Diário

08/08/2018 | 07:00


Conhecida história de amor e tragédia escrita por William Shakespeare, Romeu e Julieta (entre 1593 e 1594) já ganhou inúmeras montagens ao redor do mundo. Desta vez, a versão tem diferentes ares, sendo narrada por canções do repertório de Marisa Monte.São 25 canções, tanto de sua carreira solo quanto do projeto Tribalistas, como Amor I Love You, Beija Eu e Não Vá Embora.

Terminada a temporada no Rio de Janeiro, o musical chega à Capital paulista pela primeira vez, com estreia marcada para sexta-feira. Em seu elenco, está o ator Ícaro Silva, de São Bernardo, que estrela como o personagem Mercuccio. Distanciado-se de outras montagens tradicionais, o espetáculo traz a diversidade étnica do Brasil para seus protagonistas, adaptando, em partes, a obra para a atualidade. “É versão contemporânea, em que a história atravessa os anos, mas mantém toda a poesia de Shakeaspeare”, contou o roteirista Gustavo Gasparani ontem, em evento para imprensa.

O principal de retomar um dos espetáculos teatrais mais clássicos, de acordo com a atriz Stella Maria Rodrigues, que interpreta a Ama da família Capuleto, é o amor. “A gente sabe o desfecho, mas sempre torcemos para que essa história termine de outra maneira”. Já Bárbara Sut, que interpreta a protagonista Julieta, explica que a trama dialoga com o momento atual no País. “É um musical necessário sobre sobreviver do amor e ultrapassar o ódio.”

São 24 pessoas integrando o elenco, as quais foram escolhidas depois de mais de dois meses de testes. A questão da cor dos personagens deixou de ser, de fato, uma questão. “É necessário que existam elencos tão diversos quanto este. Precisamos começar a construir a identidade brasileira não apenas em questões raciais, mas também de sexualidade e gênero”, conta o ator Ícaro Silva, ao Diário.

O artista, inclusive, produz um espetáculo que leva como objetivo contar a história e protagonismo da música negra, apresentando nomes como Michael Jackson, Bob Marley, Tim Maia e Wilson Simonal, o Ícaro and The Black Stars. “Fechamos temporada incrível no Rio de Janeiro. Tenho planos de fazer uma turnê pelo País, de passar com certeza por São Paulo e Grande ABC”, revelou.

O ator ainda tem mais dois projetos vindos direto do forno. O filme Legalize Já, que estreia em 18 de outubro, trata da formação do Planet Hemp, que nasceu entre a amizade Skunk, interpretado por Ícaro, e Marcelo D2 (Renato Foés).

Experimentando diferentes formatos, o ator participa até mesmo de séries de streaming. Ícaro faz parte do elenco de Coisa Mais Linda, com produção da Netflix. Ainda sem previsão de estreia, a série se passa em 1950. São sete episódios que contam a história de Maria Luiza (Maria Casadevall), mulher conservadora e submissa. Quando se muda para o Rio de Janeiro a fim de abrir um restaurante, entra em contato pela primeira vez com o feminismo.

Romeu e Julieta ao Som de Marisa Monte – Musical. No Teatro Frei Caneca – Rua Frei Caneca, 569, em São Paulo. De 10 de agosto a 21 de outubro. Com sessões às quintas, às 19h; sextas, às 20h30; aos sábados, às 16h e 20h, e domingos, às 19h. Ingr.: de R$ 50 a R$ 200 na bilheteria local ou pelo Ingresso Rápido.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;