Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Márcio França disputa a reeleição em São Paulo e critica os adversários

EBC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Socialista confia no crescimento nas pesquisas e afirma que Skaff e Doria acreditam na lógica de enxugar o orçamento público


Yara Ferraz

05/08/2018 | 07:00


 O governador do Estado, Márcio França, foi oficializado como candidato à reeleição pelo PSB. Durante a convenção do partido, realizada ontem, o socialista criticou os dois principais adversários, João Doria (PSDB) e Paulo Skaff (MDB), e afirmou que acredita no crescimento nas pesquisas.

O socialista aparece atrás dos candidatos tucano e emedebista, mas vê possibilidade de conseguir votos de ambos. “Penso que, brevemente, estaremos passando um dos dois. Ambos disputam um público. Não faço críticas, mas eles têm um tipo de pensamento que é a lógica de enxugar cada vez mais, com orçamentos cada vez mais apertados, diminuir funcionalismo e hospitais, fechar postos de Saúde e cobrar as escolas”, afirmou.

Vice-governador durante o mandato de Geraldo Alckmin (PSDB), que é candidato à Presidência da República, França assumiu o cargo em abril. “Reafirmei a lealdade que tenho ao governador Alckmin, por tudo que ele fez para que eu esteja aqui”, disse França, que mesmo com o reconhecimento e a participação do governo do tucano, afirmou que pretende fazer diferente em áreas como habitação, por exemplo.

“Milhares de famílias vivem nas mesmas condições das que estavam no incêndio (em maio, prédio invadido por 150 famílias no Largo do Paissandu desabou). O grau de risco a que as pessoas estão expostas é muito grande. São Paulo tem condição de produzir, por ano, 7.000 unidades a R$ 130 mil cada. Isso tem que ser priorizado”, pontuou.

Com 15 partidos na coligação, que anunciaram oficialmente seu apoio, França terá o segundo maior tempo de propaganda eleitoral na TV e no rádio, atrás somente de Doria. Ele ainda negocia apoio de dois partidos. “Para nós é essencial, porque a gente não é tão conhecido e acreditamos que isso deve facilitar.”

A chapa tem como vice a coronel da PM (Polícia Militar) Eliane Nikoluk (PR). Para concorrer ao Senado, foram apresentados a atleta olímpica Maurren Maggi (PSB), medalha de ouro no salto em distância dos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, e o vereador paulistano Mario Covas Neto (Podemos), o Zuzinha, filho do ex-governador Mario Covas (PSDB).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;