Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fórum debate propostas para reduzir deficit de moradias em Santo André

Encontro reúne representantes da Prefeitura e da sociedade civil


da Redação

05/08/2018 | 07:00


 Representantes da Prefeitura de Santo André e da sociedade civil discutiram, ontem, propostas para aumentar a oferta de moradias populares na cidade, durante o 1º Fórum Municipal de Habitação, no Teatro Municipal. O evento foi realizado pela Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária.

A política habitacional da atual gestão parte da premissa de que é necessário criar mecanismos que acelerem a redução do deficit por moradias no município, beneficiando de forma mais rápida quem espera há anos por um teto.

Um dos participantes do evento, o promotor de Justiça de Habitação e Urbanismo Fabio Henrique Franchi destacou a importância do fórum como espaço de discussão dos desafios e soluções da questão da moradia. “Existem três elementos estratégicos para reduzir o deficit: legislação municipal que facilite a produção habitacional, financiamento e vontade política do administrador público. E nós estamos vendo hoje em Santo André que há vontade política. Tanto é que temos esse fórum para início de uma discussão”, afirmou.

Atualmente, há pouco interesse da iniciativa privada em produzir habitações populares, as chamadas HIS (Habitações de Interesse Social). O desinteresse é motivado por série de fatores, que tornam o investimento pouco atraente para as construtoras, e que foram comentados ontem.

A proposta da Prefeitura, debatida no fórum e que tem sido discutida com a população, é atualizar a legislação. Desta forma, haverá maior interesse da iniciativa privada. “No ritmo atual, levando em consideração deficit de 31 mil moradias apontadas em 2015, demoraríamos 99 anos para zerar esse deficit ”, afirmou o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Fernando Marangoni.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;