Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA: no Twitter, Trump comemora efeito das tarifas comerciais contra China



04/08/2018 | 17:01


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comemorou há pouco o efeito das tarifas comerciais impostas a produtos chineses. "As tarifas estão funcionando muito melhor do que qualquer um antecipou", escreveu o mandatário norte-americano em sua conta no Twitter.

A decisão de Trump em taxar produtos chineses com tarifas comerciais desencadeou uma guerra comercial, com a China revidando com medidas retaliatórias sobre produtos norte-americanos.

"O mercado chinês caiu 27% nos últimos quatro meses e eles estão negociando conosco", afirmou Trump na postagem. "Nosso mercado está mais forte do que nunca e vai subir consideravelmente quando os atuais e horríveis acordos comerciais forem renegociados com sucesso. América em primeiro lugar", escreveu Trump.

Neste sábado, Trump participa de comício com republicanos no Estado norte-americano de Ohio. (Caio Rinaldi - caio.rinaldi@estadao.com)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA: no Twitter, Trump comemora efeito das tarifas comerciais contra China


04/08/2018 | 17:01


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comemorou há pouco o efeito das tarifas comerciais impostas a produtos chineses. "As tarifas estão funcionando muito melhor do que qualquer um antecipou", escreveu o mandatário norte-americano em sua conta no Twitter.

A decisão de Trump em taxar produtos chineses com tarifas comerciais desencadeou uma guerra comercial, com a China revidando com medidas retaliatórias sobre produtos norte-americanos.

"O mercado chinês caiu 27% nos últimos quatro meses e eles estão negociando conosco", afirmou Trump na postagem. "Nosso mercado está mais forte do que nunca e vai subir consideravelmente quando os atuais e horríveis acordos comerciais forem renegociados com sucesso. América em primeiro lugar", escreveu Trump.

Neste sábado, Trump participa de comício com republicanos no Estado norte-americano de Ohio. (Caio Rinaldi - caio.rinaldi@estadao.com)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;