Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Cortejado por Auricchio, Salgado garante que será candidato à Assembleia


Daniel Tossato

03/08/2018 | 07:43


Apesar de ter sido sondado pelo prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), o ex-vereador Jorge Salgado (PTB) garantiu que homologará amanhã sua candidatura a deputado estadual, na convenção petebista.

Nas últimas semanas, o petebista teve o nome especulado para compor o governo tucano, justamente para que sua empreitada eleitoral fosse retirada e, assim, Auricchio conseguisse evitar candidaturas a deputado estadual pela cidade e deixar caminho tranquilo a seu filho, Thiago Auricchio (PR), postulante a uma vaga na Assembleia Legislativa.

Salgado desconversou sobre as sondagens em torno de seu nome, mas admitiu que conversou com Auricchio. “Disse a ele que manteria minha candidatura”, assegurou o petebista, classificando como naturais as ações do prefeito para convencer a desistência de pré-candidatos ao Parlamento paulista, como o vereador Marcel Munhoz (PPS). “Esses movimentos do prefeito Auricchio fazem parte do jogo político.”

Parlamentar por quatro mandatos (2001-2004, 2005-2008, 2009-2012 e 2013-2016), o petebista concorreu como vice na chapa do ex-prefeito Paulo Pinheiro (DEM) em 2016. A dupla perdeu justamente para Auricchio. Desde então, as rusgas entre os grupos – escancaradas nas eleições de 2012 e de 2016 – foram se dissipando.

A manutenção de Salgado como candidato por São Caetano reforça a tese de que o presidente paulista do PTB, deputado estadual Campos Machado, enxerga Auricchio como rival no Grande ABC. Apesar disso, o ex-vereador afirmou que sua relação com tucano é positiva. “Tenho atuação independente em São Caetano, mas me relaciono muito bem com o prefeito de São Caetano”, disse Salgado, que também afirmou ter um bom contato com o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB). “Vejo nos nomes de Thiago Auricchio e Carla Morando (primeira-dama de São Bernardo e candidata a deputada estadual pelo PSDB) o futuro da política.”

Sobre possíveis dobradas com outros candidatos da região, o petebista desconversou, declarando que conversará sobre esse assunto somente após a convenção. “Ainda preciso focar na homologação do meu nome. As estratégias deixarei para depois.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados