Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Regina fecha com bancada do PV sem vincular à campanha de Márcio

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

02/08/2018 | 18:29


Candidata a deputada federal do PV em Diadema, a ex-secretária de Habitação Regina Gonçalves anunciou na tarde desta quinta-feira (2) o apoio de toda a bancada do PV na Câmara, porém, admitiu que nem todos os verdes vão aderir à campanha do vice-prefeito Márcio da Farmácia (Podemos) à Assembleia Legislativa. A dupla Regina-Márcio é defendida pelo governo de Lauro Michels (PV).

Dos seis parlamentares do PV em Diadema, ao menos quatro decidiram aderir a outros projetos eleitorais. Zé do Bloco, Albino Cardoso e Paulo Bezerra estão no grupo do vereador Luiz Paulo Salgado, candidato do PR ao Parlamento paulista. Já Talabi Fahel se aproximou de Thiago Auricchio, candidato do PR a deputado estadual e filho do prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB). Rodrigo Capel e Márcio Júnior fecham a bancada verde.

Em seu discurso, a verde - que já foi vice-prefeita, vereadora e cumpriu um mandato de deputada estadual como suplente, entre 2011 e 2014 - afirmou que decidiu disputar cadeira na Camara Federal para contribuir mais com a cidade. Segundo ela, os eleitores de Diadema votaram em candidatos de fora da cidade que, apos eleitos, “não deram retorno” e pouco trabalharam pelo município em momento de “desmonte das políticas públicas” por parte do governo Michel Temer (MDB). “A decisão de ser candidata a federal se deu pela necessidade de tratar Diadema como prioridade”, explicou.

MARCOS MICHELS – Curiosamente, o presidente da Câmara de Diadema, Marcos Michels (PSB), não participou da sessão da tarde desta quinta-feira (2). Ele também tenta se viabilizar como candidato a deputado estadual, mas enfrenta resistência do próprio primo, Lauro Michels. No começo do ano, Marcos nutria diálogo com esses vereadores do PV. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;