Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Após desistência, Rafael diz que apoiará Carla a estadual

Anderson Silva/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vereador de S.Bernardo costurava campanha à Assembleia; ele coordenará projeto de Vanelli


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

01/08/2018 | 07:00


Após desistir de concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa, o vereador Rafael Demarchi (PRB), de São Bernardo, anunciou que vai apoiar a primeira-dama de São Bernardo e candidata a deputada estadual pelo PSDB, Carla Morando. A declaração mostra que Rafael se aproximou de vez do prefeito Orlando Morando (PSDB).

Eleito na coligação que defendia o deputado federal Alex Manente (PPS) em 2016, o vereador flertou com a oposição ao tucano – oficialmente ele se declarava independente. A ligação ficou evidente no fim de semana, quando Morando postou foto nas redes sociais ao lado de Rafael na Marcha para Jesus.

Rafael alegou que optou por se afastar das urnas neste ano após o PRB aceitar firmar coligação proporcional com PSDB e DEM. “Precisaria de 80 mil votos. Hoje, infelizmente, chegar a esse patamar seria praticamente impossível”, argumentou o republicano.

Parlamentar de segundo mandato na cidade, Rafael afirmou que sua principal missão neste pleito será ajudar a campanha a deputada federal de Vanelli Damo (PRB), irmã gêmea da ex-deputada Vanessa Damo (MDB) e filha da prefeita em exercício de Mauá, Alaíde Damo (MDB). “Vou auxiliar a Vanessa a coordenar a campanha da Vanelli, trabalhar dobradas para ela.”

Ele revelou que, em São Bernardo, a construção será por parceria com Carla. Mas que há discussões em outros municípios. “Em Santo André, temos conversado com o Almir Cicote (Avante, presidente da Câmara e candidato a deputado estadual). Em Diadema, há diálogo com o Márcio da Farmácia (Podemos, vice-prefeito e que buscará vaga na Assembleia Legislativa).”

Rafael foi eleito vereador em 2012, pelo PSD, com 5.469 votos. Em 2014, concorreu a cadeira na Câmara Federal e atingiu 31.583 adesões, insuficientes para a vitória. Há dois anos, buscou a reeleição no Legislativo de São Bernardo e alcançou 4.125 eleitores.

“(A desistência) Foi também para pensar no futuro. Em 2012, quando cheguei à Câmara, passei 2013 estruturando minha campanha a deputado no ano seguinte. Agora tenho focado mais meu mandato de vereador, feito um trabalho popular, ido às ruas. Neste momento que a classe política foge do contato popular, eu coloco minha cara a tapa. É um momento mais gostoso. Sei que minha geração terá seu momento”, discorreu o republicano, hoje com 37 anos.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;