Fechar
Publicidade

Domingo, 21 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Desculpa 'patrocinada' de Neymar é parte de contrato que custa mais de R$ 25 mi

Reprodução/YouTube Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


31/07/2018 | 10:46


O vídeo em que Neymar pede desculpas e admite os seus erros durante a Copa do Mundo da Rússia pode não ter sido bem aceito pelos torcedores e até por alguns publicitários, mas ajudou o craque da seleção brasileira a se enriquecer mais um pouco. O contrato dele com a Gillette, responsável pela veiculação do comercial, dá ao astro algo em torno de US$ 7 milhões (R$ 26,2 milhões).

O acordo do jogador com a empresa foi selado em 2015 e renovado recentemente. O jogador não recebe por propagandas, mas sim por horas trabalhadas durante as gravações de comerciais ou seção de fotos.

E ainda todo o material publicitário feito pela Gillette passa pela aprovação da Neymar Sports Marketing, empresa que tem o pai do jogador, Neymar da Silva Santos, e a mãe do atleta, Nadine Gonçalves, como proprietários.

O vídeo foi exibido pela primeira vez no último domingo à noite, no intervalo do programa Fantástico, da TV Globo. Nele, Neymar pede desculpas, admite exageros no torneio, desabafa sobre as críticas e promete superação. Entretanto, o que era para ser algo positivo, se tornou algo ainda mais negativo para o atleta.

Além de críticas no Brasil, publicitários se dividiram sobre o tema, mas, em geral, condenaram a postura do atleta. Até no exterior, o jogador da seleção brasileira e do Paris Saint-Germain foi duramente criticado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Desculpa 'patrocinada' de Neymar é parte de contrato que custa mais de R$ 25 mi


31/07/2018 | 10:46


O vídeo em que Neymar pede desculpas e admite os seus erros durante a Copa do Mundo da Rússia pode não ter sido bem aceito pelos torcedores e até por alguns publicitários, mas ajudou o craque da seleção brasileira a se enriquecer mais um pouco. O contrato dele com a Gillette, responsável pela veiculação do comercial, dá ao astro algo em torno de US$ 7 milhões (R$ 26,2 milhões).

O acordo do jogador com a empresa foi selado em 2015 e renovado recentemente. O jogador não recebe por propagandas, mas sim por horas trabalhadas durante as gravações de comerciais ou seção de fotos.

E ainda todo o material publicitário feito pela Gillette passa pela aprovação da Neymar Sports Marketing, empresa que tem o pai do jogador, Neymar da Silva Santos, e a mãe do atleta, Nadine Gonçalves, como proprietários.

O vídeo foi exibido pela primeira vez no último domingo à noite, no intervalo do programa Fantástico, da TV Globo. Nele, Neymar pede desculpas, admite exageros no torneio, desabafa sobre as críticas e promete superação. Entretanto, o que era para ser algo positivo, se tornou algo ainda mais negativo para o atleta.

Além de críticas no Brasil, publicitários se dividiram sobre o tema, mas, em geral, condenaram a postura do atleta. Até no exterior, o jogador da seleção brasileira e do Paris Saint-Germain foi duramente criticado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;