Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ex-PM suspeito de estar no carro dos assassinos de Marielle é preso

Reprodução/Instagram  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Delegacia de Homicídios deteve Alan de Morais Nogueira, conhecido como Cachorro Louco, por outro caso



24/07/2018 | 10:18


Um ex-policial militar acusado de estar no carro do qual criminosos dispararam contra a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e o motorista Anderson Gomes foi preso no Rio de Janeiro nesta terça-feira, 24, segundo o jornal O Globo.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) prendeu Alan de Morais Nogueira, conhecido como Cachorro Louco, por outro caso. Ele é acusado de participar dos homicídios de um PM e um ex-PM em Guapimirim, na Baixada Fluminense, em fevereiro de 2017, a mando de Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando da Curicica, líder de uma quadrilha de milicianos.

Ainda de acordo com a publicação, a informação sobre o envolvimento de Nogueira no crime partiu do mesmo delator que apontou que ele estava no carro dos assassinos da vereadora.

Respostas

A família de Marielle Franco, junto com a Anistia Internacional, divulgou no último dia 14 um vídeo cobrando respostas sobre o assassinato da vereadora, quatro meses após ao assassinato da parlamentar e do motorista. Marielle e Anderson Gomes foram mortos a tiros no dia 14 de março.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ex-PM suspeito de estar no carro dos assassinos de Marielle é preso

Delegacia de Homicídios deteve Alan de Morais Nogueira, conhecido como Cachorro Louco, por outro caso


24/07/2018 | 10:18


Um ex-policial militar acusado de estar no carro do qual criminosos dispararam contra a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e o motorista Anderson Gomes foi preso no Rio de Janeiro nesta terça-feira, 24, segundo o jornal O Globo.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) prendeu Alan de Morais Nogueira, conhecido como Cachorro Louco, por outro caso. Ele é acusado de participar dos homicídios de um PM e um ex-PM em Guapimirim, na Baixada Fluminense, em fevereiro de 2017, a mando de Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando da Curicica, líder de uma quadrilha de milicianos.

Ainda de acordo com a publicação, a informação sobre o envolvimento de Nogueira no crime partiu do mesmo delator que apontou que ele estava no carro dos assassinos da vereadora.

Respostas

A família de Marielle Franco, junto com a Anistia Internacional, divulgou no último dia 14 um vídeo cobrando respostas sobre o assassinato da vereadora, quatro meses após ao assassinato da parlamentar e do motorista. Marielle e Anderson Gomes foram mortos a tiros no dia 14 de março.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;