Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Afeganistão: homem-bomba mata 14 pessoas; vice-presidente sai ileso



22/07/2018 | 15:49


Um homem-bomba realizou um ataque perto do aeroporto internacional de Cabul, no Afeganistão, neste domingo, matando 14 pessoas. O vice-presidente do país, general Abdul Rashid Dostum, que estava voltando para casa depois de mais de um ano na Turquia, escapou por pouco, disseram autoridades de segurança.

Najib Danish, porta-voz do Ministério do Interior, disse que a explosão ocorreu perto do aeroporto de Cabul logo após o comboio do vice-presidente ter deixado o local. Dostum, um ex-líder militar uzbeque, e sua comitiva saíram ilesos, segundo Danish. Ele informou que 14 pessoas, incluindo civis e militares, foram mortos no ataque e outras 50 ficaram feridas. A afiliada local do grupo Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade pelo ataque à agência de notícias Amaaq.

Em uma declaração do palácio presidencial, o presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, condenou veementemente o ataque. Dostum estava passando por tratamento médico na Turquia e agora está bem e pronto para retomar o trabalho, disse o porta-voz do presidente Haroon Chakhansuri.

Dostum deixou o Afeganistão em 2017 depois que o gabinete do procurador-geral do país iniciou uma investigação sobre alegações de que seus seguidores tinham torturado e abusado sexualmente de um ex-aliado que se tornou rival político. Desde então, ele foi barrado pelo governo de retornar ao Afeganistão. Não ficou claro se Dostum enfrentará agora quaisquer acusações. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;