Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Israel e Hamas concordam em cessar-fogo após mortes na Faixa de Gaza

Associated Press Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/07/2018 | 09:32


O grupo Hamas informou neste sábado que concordou com um cessar-fogo com Israel na Faixa de Gaza, um dia depois que um soldado israelense e três integrantes do Hamas foram mortos em confrontos violentos na fronteira.

A trégua vem depois que Israel realizou um ataque em larga escala contra alvos militantes dentro da Faixa de Gaza, na sexta-feira, e alivia as preocupações imediatas de uma escalada do conflito.

Fawzi Barhoum, porta-voz do Hamas, disse que o Egito e a Organização das Nações Unidas (ONNU) haviam negociado um acordo "para restaurar a atmosfera calma anterior".

Os militares de Israel se recusaram a comentar, mas já disseram que só responderão com força militar se forem atacados. Este é o segundo tipo de cessar fogo nos últimos dias após o mais intenso combate desde a guerra de 2014.

Israel disse que quer que o Hamas, o grupo militante que governa a Faixa de Gaza, pare de lançar pipas e balões flamejantes do território palestino, bem como que cesse foguetes e morteiros e protestos violentos semanais na fronteira.

Desde março, os palestinos protestam regularmente contra a cerca que separa Gaza de Israel - pedindo o fim do bloqueio de Israel e permissão para retornar à terra de onde fugiram durante a guerra de 1948 contra Israel.

Mais de 140 palestinos foram mortos. Israel afirma que muitos dos mortos são militantes do Hamas e diz que suas preocupações de segurança exigem o bloqueio de Gaza. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;