Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Médico acusado de homicídio após procedimento estético é transferido

Fernando Frazão/ Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


20/07/2018 | 17:06


O médico Denis César Barros Furtado, de 45 anos, e sua mãe, Maria de Fátima Furtado, 66, foram transferidos no início da tarde desta sexta-feira, 20, para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte do Rio. Os dois estavam foragidos e foram presos na tarde de quinta-feira, 19.

A transferência ocorreu após os investigadores da 16ª DP, na Barra de Tijuca, encerrarem os depoimentos dos dois. Acusados de homicídio pela morte da bancária Lilian Calixto, 46 anos, que morreu após procedimento estético realizado na cobertura de Denis, os dois depuseram por cerca de três horas cada um. Também médica, Maria de Fátima teve o registro profissional cassado em 2015.

Denis Furtado, conhecido como "Dr. Bumbum", e Maria de Fátima haviam passado a noite em celas separadas da 16ª DP. Durante a madrugada, tiveram uma crise de pressão alta e chegaram a ser atendidos por um médico.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Médico acusado de homicídio após procedimento estético é transferido


20/07/2018 | 17:06


O médico Denis César Barros Furtado, de 45 anos, e sua mãe, Maria de Fátima Furtado, 66, foram transferidos no início da tarde desta sexta-feira, 20, para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na zona norte do Rio. Os dois estavam foragidos e foram presos na tarde de quinta-feira, 19.

A transferência ocorreu após os investigadores da 16ª DP, na Barra de Tijuca, encerrarem os depoimentos dos dois. Acusados de homicídio pela morte da bancária Lilian Calixto, 46 anos, que morreu após procedimento estético realizado na cobertura de Denis, os dois depuseram por cerca de três horas cada um. Também médica, Maria de Fátima teve o registro profissional cassado em 2015.

Denis Furtado, conhecido como "Dr. Bumbum", e Maria de Fátima haviam passado a noite em celas separadas da 16ª DP. Durante a madrugada, tiveram uma crise de pressão alta e chegaram a ser atendidos por um médico.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;