Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Mais de 70% recebem vale-transporte

Pesquisa aponta que maioria dos profissionais ganha o benefício no País


Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

09/04/2012 | 07:21


Os benefícios mais oferecidos nas empresas brasileiras são vale-transporte, assistência médica e vale-refeição. Isso é o que aponta a Catho Online, que faz a interface entre as companhias e quem procura uma oportunidade, gerenciando o anúncio de vagas.

Segundo a pesquisa dos executivos, que identificou o grau de satisfação dos profissionais com os benefícios que recebem das empresas onde trabalham, 72% têm direito a vale-transporte, 64% a assistência médica e 54% a vale-refeição.

Dentre o que as companhias menos disponibilizam estão os convênios e descontos comerciais (21%), estacionamento (20,5%) e, por último, celular (18,4%).

Para a maioria dos profissionais empregados, os benefícios recebidos no emprego atual são melhores do que os recebidos no trabalho anterior. Porém, quando comparado com o mercado, consideram os seus benefícios abaixo da média, com exceção das companhias de grande porte, que teve avaliação de 5,3, em escala de zero a dez.

MAIS VALORIZADOS - No estudo, é possível notar grandes diferenças entre os benefícios que os profissionais acham relevante e os que as empresas oferecem. A participação nos lucros e auxílio Educação, por exemplo, são valorizados entre os profissionais, porém pouco frequentes no mercado. Já o plano odontológico e o seguro de vida são geralmente oferecidos, porém os profissionais não dão tanta importância.

"Grande parte das empresas ainda têm o hábito de dar aos profissionais apenas os benefícios mais comuns do mercado. No entanto, é interessante que as companhias comecem a mudar essa prática e procurem equilíbrio entre o que os colaboradores realmente esperam e julgam necessário, e o que elas podem oferecer dentro de suas possibilidades", afirma Adriano Meirinho, diretor de marketing da Catho Online.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mais de 70% recebem vale-transporte

Pesquisa aponta que maioria dos profissionais ganha o benefício no País

Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

09/04/2012 | 07:21


Os benefícios mais oferecidos nas empresas brasileiras são vale-transporte, assistência médica e vale-refeição. Isso é o que aponta a Catho Online, que faz a interface entre as companhias e quem procura uma oportunidade, gerenciando o anúncio de vagas.

Segundo a pesquisa dos executivos, que identificou o grau de satisfação dos profissionais com os benefícios que recebem das empresas onde trabalham, 72% têm direito a vale-transporte, 64% a assistência médica e 54% a vale-refeição.

Dentre o que as companhias menos disponibilizam estão os convênios e descontos comerciais (21%), estacionamento (20,5%) e, por último, celular (18,4%).

Para a maioria dos profissionais empregados, os benefícios recebidos no emprego atual são melhores do que os recebidos no trabalho anterior. Porém, quando comparado com o mercado, consideram os seus benefícios abaixo da média, com exceção das companhias de grande porte, que teve avaliação de 5,3, em escala de zero a dez.

MAIS VALORIZADOS - No estudo, é possível notar grandes diferenças entre os benefícios que os profissionais acham relevante e os que as empresas oferecem. A participação nos lucros e auxílio Educação, por exemplo, são valorizados entre os profissionais, porém pouco frequentes no mercado. Já o plano odontológico e o seguro de vida são geralmente oferecidos, porém os profissionais não dão tanta importância.

"Grande parte das empresas ainda têm o hábito de dar aos profissionais apenas os benefícios mais comuns do mercado. No entanto, é interessante que as companhias comecem a mudar essa prática e procurem equilíbrio entre o que os colaboradores realmente esperam e julgam necessário, e o que elas podem oferecer dentro de suas possibilidades", afirma Adriano Meirinho, diretor de marketing da Catho Online.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;