Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Tigre já prepara proposta para concessão do 1º de Maio

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Diretoria esperava a revogação de uso do estádio pela Prefeitura e admite parceria na administração


Dérek Bittencourt

17/07/2018 | 07:00


O São Bernardo Futebol Clube demonstrou estar preparado para a revogação dos decretos municipais – por parte da Prefeitura – que permitiam a ele o uso de áreas públicas, sobretudo o Estádio 1º de Maio, casa do Tigre desde sua fundação. Isso porque, segundo o presidente Edinho Montemor, o clube já esperava por tal ação e se preparou para ela.

“Desde o início (da gestão) o Orlando (Morando, prefeito) vem pensando em fazer uma concessão de 20 anos para o 1º de Maio, que é mais transparente e correta. Então estávamos aguardando o desfecho disso. Eles decretam revogando a permissão anterior e abrem um chamamento público para essa nova concessão. Vamos participar dela, estamos elaborando a proposta há algum tempo”, explicou Montemor.

“Do ponto de vista administrativo é procedimento correto. Vamos aguardar o edital para que a gente possa estar se habilitando. Vamos procurar o melhor caminho para participar dessa licitação, inclusive fazendo parcerias com pessoas ou empresas que tenham outros interesses que não o futebol. Temos grande possibilidade de participar e ganhar”, garantiu o presidente aurinegro.

Na prática, por ora nada muda ao São Bernardo FC, que seguirá treinando no estádio, onde também conta com alojamento, restaurante, academia e salas administrativas. Entretanto, até que a licitação seja feita e encerrada, o Tigre pagará um preço público pela utilização da praça esportiva.

Atualmente, o clube tem gasto mensal de aproximadamente R$ 15 mil com o 1º de Maio, somando manutenção do gramado, limpeza e contas (como a de gás). Caso vença o edital, este valor aumentará para o Aurinegro, que passará a arcar com portaria, segurança e outros setores que hoje são da administração pública.

Hoje o estádio está interditado e passa por obras nos vestiários para sua liberação 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;