Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Movido por desafio, CR7 esbanja bom humor na Juve

Reprodução/Instagram  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Atacante português é apresentado e diz estar inteiro – e honrado – aos 33 anos


Dérek Bittencourt

17/07/2018 | 07:00


Sem modéstia e esbanjando gratidão, Cristiano Ronaldo foi apresentado ontem na Juventus. Grande transação do mercado mundial nesta janela para a Copa do Mundo, o atacante – que defendeu Portugal no Mundial da Rússia – conheceu as instalações da Velha Senhora, realizou exames médicos e concedeu a primeira entrevista coletiva junto do presidente Giuseppe Marotta, com bom humor.

“Com 33 ou 34 anos muitos estão acabados, e eu não. Isso me deixa feliz, mostra que sou diferente de todos os outros. Estou honrado pelo clube apostar em mim, independentemente de eu ter 23 anos. Ah, não, desculpe, são 33 (risos)”, brincou o português, que assinou por quatro temporadas com a Juve.

Cristiano Ronaldo só vai se apresentar ao técnico Massimiliano Allegri no dia 30, durante a pré-temporada da equipe nos Estados Unidos. Já sua estreia deve ser somente no dia 12 de agosto, na fase final de amistosos preparatórios para a temporada 2018/2019. Aliás, o camisa 7 falou de maneira ambiciosa sobre os planos do clube.

“Sei que a Liga dos Campeões é um troféu que todas as equipes querem ganhar. Como disse meu presidente, não é uma opção, mas uma das prioridades do clube. Vamos lutar por todos os troféus e ver o que acontecerá. Temos que estar tranquilos, jogar nosso futebol. A Champions é uma competição muito difícil para ganhar. Espero ajudar. A Juve esteve em duas finais, não ganhou porque finais são incógnitas. Deve-se deixar as coisas fluírem de uma maneira natural e ver o que a sorte nos dará”, afirmou.

Segundo o português, não foi difícil optar por vestir a camisa alvinegra nestes próximos quatro anos. “Foi uma decisão fácil. Vendo o poderio que tem a Juventus. Como disse muitas vezes, é uma das melhores equipes do mundo. Companheiros próximos diziam que era um clube que deveria ter jogado, desde que era criança. Obviamente foi passo importante na carreira, melhor clube italiano, com grandes jogadores, treinador, presidente”, explicou.

O atacante ainda citou um ponto fundamental para sua transferência: desafio. “Foi o que aconteceu no Sporting, Manchester United, Real Madrid e agora Juventus. Tem sido uma carreira de sonho, que nunca esperava ter feito, ganhar o que ganhei. Estou preparado. Muito preparado. As coisas vão correr bem”, declarou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;