Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mauá interrompe serviço do Café do Trabalhador

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Usuários do terminal do Centro tinham à disposição café, leite e pão com manteiga todo dia, das 5h às 7h


Bianca Barbosa

17/07/2018 | 07:00


 Muitas pessoas foram surpreendidas com o fim do Café do Trabalhador, serviço que oferecia pão, café, leite e achocolatado aos passageiros de ônibus, gratuitamente, das 5h às 7h, no Terminal de Mauá, no Centro. Com as portas fechadas e nenhum aviso informando o motivo do fim do programa, usuários lamentaram a situação e supõem que a crise financeira na Prefeitura tenha alcançado o benefício.

“Era uma delícia, o pão com manteiga, leite quentinho. Eu passava aqui todo santo dia. A gente, que é pobre, dá valor a cada copinho de café, que hoje faz falta”, disse a doméstica Edna Soares, 46 anos, que notou a falta do serviço há cerca de um mês. “Tive um problema e me afastei 15 dias do serviço. Quando voltei já dei de cara com a porta do café fechada.” De acordo com a doméstica, ela questionou o fim do serviço a funcionários do terminal: “Falaram que a administração do café era feita por uma secretaria da Prefeitura, e não pelo próprio terminal”.

A equipe do Diário esteve no local, ontem pela manhã, e confirmou a suspensão do serviço. Trabalhadores da administração do terminal informaram que a secretaria responsável pelo serviço é a de Segurança Alimentar, portanto, não sabiam o real motivo da interrupção do serviço. “Aqui é complicado, cada lugar é de responsabilidade de determinado setor, tudo dividido”, informou um funcionário, que preferiu não se identificar.

EXPECTATIVA

O serviço atendia tanto funcionários quanto usuários do terminal, que registra grande movimento o dia todo. “Era um lugar que funcionava de verdade, o café era bom, sempre tinha muita gente aqui. Acho que muitos sentiram o impacto de ter acabado. Mas acho que é por causa do dinheiro. Quando sairmos dessa situação espero que volte”, comentou o administrador de empresas aposentado Elias Matsumoto, 65.

Em nota, a Prefeitura informou que o contrato com a prestadora de serviço que operava o Café do Trabalhador expirou em maio. “No momento, a Prefeitura de Mauá trabalha para retomar o serviço dentro de sua atual condição financeira.” Questionada sobre a quantidade de pessoas atendidas pelo programa e valor da manutenção do serviço, a administração não se posicionou sobre os temas.

Instalado em 2007, o Café do Trabalhador tinha estimativa de atender cerca de 3.000 pessoas diariamente, mas o programa foi estagnado. No ano passado, uma reforma de R$ 160 mil restabeleceu o café, restaurou dependências do terminal e inaugurou fraldário, enfermaria, posto do Acessa São Paulo e wi-fi.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;