Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 19 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Ator de Brüno, Sacha Baron Cohen faz declaração polêmica sobre violência sexual: - Não é estupro se for com a sua esposa

Reprodução/Instagram  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


16/07/2018 | 14:14


Sacha Baron Cohen ficou conhecido pelos seus papeis nos filmes Brüno e Borat. Desta vez, o comediante vive um israelense especialista em terrorismo no programa de TV Who Is America? e seu personagem fez uma declaração para lá de polêmica, segundo o The Sun.

Tudo aconteceu porque, em um dos episódios do seriado, o personagem do comediante entrevista Larry Pratt, o diretor executivo de um grupo que trata de armas, conhecido como Gun Owners of America. Num determinado momento, os dois estão conversando sobre o uso dos armamentos, e Erran Morad, a quem Sacha dá vida no programa, fala que as mulheres também deveriam adotar o método:

- Minha esposa tem uma arma e já atirou em mim uma vez. Quero dizer: o que posso fazer? Eu fico excitado no meio da noite. Mas não é estupro se for com sua esposa.

Lembrando que o programa já tinha criado polêmica quando Sacha tentou enganar políticos republicanos a apoiarem um programa falso, que defendia o armamento infantil. Outra vez, o comediante já tinha sido criticado por se apresentar como um veterano do exército que foi ferido.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ator de Brüno, Sacha Baron Cohen faz declaração polêmica sobre violência sexual: - Não é estupro se for com a sua esposa


16/07/2018 | 14:14


Sacha Baron Cohen ficou conhecido pelos seus papeis nos filmes Brüno e Borat. Desta vez, o comediante vive um israelense especialista em terrorismo no programa de TV Who Is America? e seu personagem fez uma declaração para lá de polêmica, segundo o The Sun.

Tudo aconteceu porque, em um dos episódios do seriado, o personagem do comediante entrevista Larry Pratt, o diretor executivo de um grupo que trata de armas, conhecido como Gun Owners of America. Num determinado momento, os dois estão conversando sobre o uso dos armamentos, e Erran Morad, a quem Sacha dá vida no programa, fala que as mulheres também deveriam adotar o método:

- Minha esposa tem uma arma e já atirou em mim uma vez. Quero dizer: o que posso fazer? Eu fico excitado no meio da noite. Mas não é estupro se for com sua esposa.

Lembrando que o programa já tinha criado polêmica quando Sacha tentou enganar políticos republicanos a apoiarem um programa falso, que defendia o armamento infantil. Outra vez, o comediante já tinha sido criticado por se apresentar como um veterano do exército que foi ferido.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;