Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lista com 17 nomes da vereança do Grande ABC entra na busca por voos mais altos em outubro

Há quatro anos, foram 21 representantes das Câmaras no páreo


Fabio Martins

15/07/2018 | 07:00


 Rol com ao menos 17 vereadores do Grande ABC – entre os 142 políticos eleitos em 2016 – se coloca na disputa por vaga na Assembleia ou ao Congresso em outubro. Os nomes serão efetivados em até 30 dias. A lista de parlamentares tenta quebrar tabu que se arrasta há 12 anos. Os últimos triunfos aconteceram com os ex-deputados estaduais Vanessa Damo (MDB), então vereadora de Mauá, e Alex Manente (PPS), parlamentar de São Bernardo e hoje deputado federal.

O desfecho do quadro ainda pode variar em cada cidade, tendo em vista as articulações, inclusive dos governos municipais. O cenário de pré-candidaturas, curiosamente, envolve presidentes dos Legislativos, a exemplo de Almir Cicote (Avante, de Santo André, confira arte abaixo), Marcos Michels (PSB, de Diadema) e Admir Jacomussi (PRP, de Mauá), todos postulantes a estadual. Mandatário da Casa em São Caetano, Pio Mielo (MDB) pleiteia espaço de suplente a senador. Pery Cartola (PSDB, de São Bernardo) é outro dirigente que era cogitado, mas, nos bastidores, há informações sobre retirada de seu nome.

A empreitada atual é encarada até no meio político com receio dos postulantes em decorrência do clima de incerteza do processo, certo ranço com a classe e dificuldade com o objetivo de angariar recursos para a campanha. Na última eleição geral, em 2014, foram 21 representantes da região com mandatos em vigência que figuraram as urnas como candidatos a deputado estadual ou federal, no entanto, sem sucesso. Ao todo, eram 107 quadros com reduto nas sete cidades e que pleiteavam cargos no páreo.

Na esfera partidária, há um empate que mostra que as siglas estão se arriscando pouco e lançando apenas dois vereadores, no máximo, ao pleito de outubro.Há ainda lista de indefinidos. Em São Bernardo, por exemplo, os vereadores Gordo da Adega (PCdoB), Eliezer Mendes (Podemos), Pastor Zezinho Soares (PSDB), Alex Mognon (PSDB), além de Pery, estudam projeto eleitoral, mas devem convergir para a candidatura da primeira-dama Carla Morando (PSDB). A região contabiliza, atualmente, somente seis cadeiras nos Parlamentos, sendo duas federais e quatro estaduais .



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;