Fechar
Publicidade

Domingo, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Operação da PM acaba com um morto e três presos no Areião

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Os quatro participaram de assalto ao 8º DP de S.Bernardo, de onde levaram armas e drogas


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

14/07/2018 | 07:00


 Operação realizada na manhã de ontem por PMs (Policiais Militares) da Força Tática do 40º Batalhão resultou na morte de um assaltante e na prisão de outros três, um deles menor, no bairro Areião, em São Bernardo. Os quatro criminosos estavam envolvidos no assalto ao 8º DP (Distrito Policial), na região do Alvarenga, na madrugada de segunda-feira, de onde levaram armas, coletes à prova de balas, munições e drogas, recuperados pela polícia no sobrado onde estavam escondidos e foram surpreendidos pelos agentes, que chegaram ao local após denúncia anônima.

A ação ocorreu por volta das 7h30, na Rua Ayrton Senna. A operação policial contou com viaturas da PM, do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) e equipes do setor de homicídios, da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), além da Polícia Científica.

Segundo os agentes, quando chegaram na casa encontraram os quatro homens, que reagiram à abordagem. No confronto, um deles tentou fugir pela parte de trás do sobrado, quando caiu pelo telhado na casa do vizinho. Após troca de tiros com a polícia, usando uma das armas furtadas, Alersson Alves dos Santos Silva, 28 anos, conhecido como Pai por ser o chefe do grupo, foi baleado com três tiros e morreu no local. Os outros três indivíduos se entregaram, sendo que um ainda tentou fugir, mas foi localizado em residência nas imediações.

De acordo com investigadores, Josafá da Silva, 45, o Timba, era “bandido experiente, de alta periculosidade”. Os agentes disseram que Silva ficou preso no Carandiru, e que era “muito perigoso para a sociedade”. Além dele, Lucas Jonathan de Lima, 25, o MP3, e um menor de 17 anos também já tinham passagem pela polícia.

Na ação foram recuperados os materiais levados da delegacia, no entanto, o delegado titular da Dise, Eduardo Jorge, disse que ainda não há certeza de que tudo foi recuperado. “Vamos fazer um balanço com o pessoal do 8º DP para verificar. As investigações prosseguem, no sentido de se identificar possíveis compradores de alguma arma furtada.”

De acordo com o boletim de ocorrência, foram recuperados dez tabletes de maconha, duas espingardas calibre 12, facas, canivetes, telefones celulares, dois revólveres, uma pistola com lacre, coletes à prova de balas, munições e baterias.

Conforme o delegado titular da Delegacia de Homicídios de São Bernardo, Angelo José de Moraes, o serviço da PM “foi exemplar”. “A morte do indivíduo (Silva) foi por confronto, portanto, não há muito o que se fazer a partir daqui. Mas devemos destacar que se não tivessem agido com rapidez (a PM), essas armas e drogas iriam se pulverizar e nunca mais achariam. A princípio, a informação que tínhamos era que os bandidos estavam em Santos.”

Os três presos em flagrante vão responder por furto, tráfico de entorpecentes e associação criminosa, porte de armas, resistência e receptação. No caso do menor, ele ficará na Fundação Casa.

 

O CASO

Ao chegar para trabalhar, por volta das 8h45 de terça-feira, escrivão da delegacia constatou que a porta de ferro da entrada da unidade estava encostada, sem os cadeados e com uma das trancas aberta e, a outra, fechada. Ele visualizou no salão sacos de lixo de cor preta com entorpecentes apreendidos, além de uma caixa de papelão no meio do caminho. Percebeu que havia algo de errado e ligou para seus superiores.

Após levantamento foi constatado que criminosos arrombaram os armários e roubaram armas, coletes, munição, aparelhos celulares e drogas que haviam sido apreendidos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;