Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Funcionário de centro de assistência social é assassinado em São Paulo



11/07/2018 | 18:41


Um funcionário do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Sé, da Prefeitura de São Paulo, foi morto a tiros em um anexo da unidade, localizado no Bom Retiro, na manhã desta quarta-feira, 11. Um suspeito de ter cometido o crime está sendo procurado pela polícia.

De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública, o crime aconteceu às 6h da manhã desta quarta na Avenida Tiradentes, onde está localizado o centro. O homem entrou no local, efetuou os disparos contra Wilson Silva Teles, de 41 anos, que trabalhava há cinco anos no local, e fugiu. Teles era funcionário terceirizado do setor de transportes e estava no prédio da Supervisão de Assistência Social (SAS) quando foi atacado.

A Polícia Civil investiga um homem de 36 anos que é considerado suspeito de ter cometido o homicídio. Os investigadores pediram a sua prisão temporária e, até a noite desta quarta, ainda realizavam diligências para tentar localizá-lo. O caso foi registrado como homicídio simples no 2º Distrito Policial (Bom Retiro), que deve dar continuidade às investigações do caso.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) lamentou o ocorrido e informou que os serviços para atendimento ao público foram temporariamente suspensos. O Cras faz em média, mensalmente, 4 mil atendimentos diretos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;