Fechar
Publicidade

Domingo, 25 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Johnny Depp é processado por agredir assistente de produção

Reprodução/Instagram  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


10/07/2018 | 11:10


O ator norte-americano Johnny Depp está sendo processado por um assistente de produção que alega ter sido ofendido e levado dois socos de Depp no set de filmagens do longa City of Lies, em abril de 2017. Segundo Greg Brooks, Depp o agrediu após ter sido avisado que as filmagens teriam que ser encerradas pela noite.

No processo, Brooks disse que o diretor do filme Brad Furman mandou ele avisar Depp que uma cena externa que eles estavam filmando seria a última do dia. O assistente alega que Depp estava com cheiro de álcool e agindo como se estivesse bêbado quando começou a ofendê-lo e lhe deu dois socos na região das costelas.

"Vou te dar cem mil dólares se você me der um soco na cara agoraX", teria dito Depp a Brooks antes dos seguranças do ator o retirarem do local. No dia seguinte, o assistente foi chamado por Furman para assinar um documento onde ele se comprometia a não entrar com um processo. Ao se recusar, foi demitido.

A revista The Hollywood Reporter buscou declarações dos representantes de Depp e da produtora Good Films Productions, que produziu o filme, mas ninguém respondeu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Johnny Depp é processado por agredir assistente de produção


10/07/2018 | 11:10


O ator norte-americano Johnny Depp está sendo processado por um assistente de produção que alega ter sido ofendido e levado dois socos de Depp no set de filmagens do longa City of Lies, em abril de 2017. Segundo Greg Brooks, Depp o agrediu após ter sido avisado que as filmagens teriam que ser encerradas pela noite.

No processo, Brooks disse que o diretor do filme Brad Furman mandou ele avisar Depp que uma cena externa que eles estavam filmando seria a última do dia. O assistente alega que Depp estava com cheiro de álcool e agindo como se estivesse bêbado quando começou a ofendê-lo e lhe deu dois socos na região das costelas.

"Vou te dar cem mil dólares se você me der um soco na cara agoraX", teria dito Depp a Brooks antes dos seguranças do ator o retirarem do local. No dia seguinte, o assistente foi chamado por Furman para assinar um documento onde ele se comprometia a não entrar com um processo. Ao se recusar, foi demitido.

A revista The Hollywood Reporter buscou declarações dos representantes de Depp e da produtora Good Films Productions, que produziu o filme, mas ninguém respondeu.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;