Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

De volta à idade média

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Terceira edição do Mundo Medieval será hoje em Mauá e chamará público para ‘resgatar a rainha’


Miriam Gimenes

07/07/2018 | 07:00


A Rainha Melyna está em perigo. Os bárbaros a sequestraram no ano passado e, hoje, ela terá a chance de sair do cativeiro com a ajuda de cinco aventureiros que forem à terceira edição do Mundo Medieval, no Monte Castelo Eventos Oficial, em Mauá, e que serão escolhidos pelo regente João Paulo Pauleto. Não à toa o tema do evento, que terá início às 20h30, é O Resgate da Rainha.

A ideia do Mundo Medieval, que deve atrair público de 1.000 pessoas, segundo o idealizador Daniel Costa Felipe, é proporcionar aos convidados a imersão na temática medieval, e comum a outros eventos do meio. O diferencial, ressalta, é o belo cenário – sempre é feito em um castelo – e um enredo com personagens, para que os convidados se sintam parte de uma história. “O público que entra no Mundo Medieval sente como se tivesse feito uma viagem no tempo. Os adultos ficam crianças de novo, brincam, se fantasiam, se entretêm com os torneios. Acabam não vendo a hora passar. As crianças não preciso nem falar, elas ficam maravilhadas.”

Além da temática principal, serão feitos torneios de combates medievais (duelos de espada e escudo cujo round tem um minuto e meio e ganha o combatente que fizer mais pontos), arquearia, oficinas de esgrima medieval e Swordplay (esporte que simula uma batalha entre combatentes equipados com réplicas de espadas ou instrumentos de combate revestidos com espuma), tudo de forma simultânea. “É um encontro para pessoas de todas as idades, tanto que nas últimas edições vimos bastante família”, ressalta Felipe. Além das atrações, a gastronomia também é temática: tem comidas rústicas, como assados feitos a lenha, além das contemporâneas, como beirute e hambúrguer. A bebida é open bar.

A atração musical também é um dos pontos altos do evento. Quem deve agitar a noite é a banda Terra Celta, que mistura música irlandesa com rock, MPB, folk, rap, moda de viola e também baião. Felipe diz que as pessoas costumam ir com roupas medievais, mas quem não tiver costume de usar este tipo de look pode comprar assessórios que estarão à venda no mercado medieval. “Não é obrigatório ir a carater, só se divertir”, finaliza. Por conta do sucesso do evento, os ingressos para esta edição acabaram.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

De volta à idade média

Terceira edição do Mundo Medieval será hoje em Mauá e chamará público para ‘resgatar a rainha’

Miriam Gimenes

07/07/2018 | 07:00


A Rainha Melyna está em perigo. Os bárbaros a sequestraram no ano passado e, hoje, ela terá a chance de sair do cativeiro com a ajuda de cinco aventureiros que forem à terceira edição do Mundo Medieval, no Monte Castelo Eventos Oficial, em Mauá, e que serão escolhidos pelo regente João Paulo Pauleto. Não à toa o tema do evento, que terá início às 20h30, é O Resgate da Rainha.

A ideia do Mundo Medieval, que deve atrair público de 1.000 pessoas, segundo o idealizador Daniel Costa Felipe, é proporcionar aos convidados a imersão na temática medieval, e comum a outros eventos do meio. O diferencial, ressalta, é o belo cenário – sempre é feito em um castelo – e um enredo com personagens, para que os convidados se sintam parte de uma história. “O público que entra no Mundo Medieval sente como se tivesse feito uma viagem no tempo. Os adultos ficam crianças de novo, brincam, se fantasiam, se entretêm com os torneios. Acabam não vendo a hora passar. As crianças não preciso nem falar, elas ficam maravilhadas.”

Além da temática principal, serão feitos torneios de combates medievais (duelos de espada e escudo cujo round tem um minuto e meio e ganha o combatente que fizer mais pontos), arquearia, oficinas de esgrima medieval e Swordplay (esporte que simula uma batalha entre combatentes equipados com réplicas de espadas ou instrumentos de combate revestidos com espuma), tudo de forma simultânea. “É um encontro para pessoas de todas as idades, tanto que nas últimas edições vimos bastante família”, ressalta Felipe. Além das atrações, a gastronomia também é temática: tem comidas rústicas, como assados feitos a lenha, além das contemporâneas, como beirute e hambúrguer. A bebida é open bar.

A atração musical também é um dos pontos altos do evento. Quem deve agitar a noite é a banda Terra Celta, que mistura música irlandesa com rock, MPB, folk, rap, moda de viola e também baião. Felipe diz que as pessoas costumam ir com roupas medievais, mas quem não tiver costume de usar este tipo de look pode comprar assessórios que estarão à venda no mercado medieval. “Não é obrigatório ir a carater, só se divertir”, finaliza. Por conta do sucesso do evento, os ingressos para esta edição acabaram.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;