Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Segurança nas férias de julho


Do Diário do Grande ABC

28/06/2018 | 11:31


Julho é o mês de férias escolares e muitos pais e adolescentes aproveitam o momento de descanso para viajar e curtir a família ou os amigos. Sabendo disso, muitos criminosos aproveitam para ficar de olho nas residências que estarão vazias, mesmo naquelas que ficam dentro de condomínios e que, por despreparo, podem sofrer com a criminalidade também. Mas saiba que alguns hábitos simples podem ser mais suficientes do que qualquer aparelho tecnológico para garantir a segurança.

Para pessoas que moram em condomínios (sejam de casas ou apartamentos) a dica é evitar, ao máximo, divulgar o itinerário de sua viagem para os outros. Agir com discrição pode impedir que pessoas mal-intencionadas saibam que o lar está vazio. Se for passar muito tempo fora, é importante deixar avisado o zelador e o porteiro, e também deixar autorização com alguém no caso de alguma pessoa ou empregado precisar entrar no seu apartamento durante sua ausência.

A portaria conhece a rotina do condomínio e é muito difícil os profissionais desta área não perceberem a ausência de algum morador. Por isso, é recomendável que os porteiros sejam contratados por meio de empresa terceirizada confiável, que ofereça treinamento especializado de atendimento, discrição e segurança preventiva. A companhia, profissional e especializada, realiza contratações após verificar os históricos profissional e pessoal do porteiro, e também ao investigar possíveis antecedentes criminais, sua conduta e por indicação. Quando contratados diretamente pelo condomínio, geralmente a contratação não dispõe de todos esses recursos, aumentando o risco de maus profissionais adentrarem em ambiente onde a segurança deveria ser prezada e mantida.

Para prevenir a entrada indesejada de mal-intencionados, pode-se instalar sistema de segurança 24 horas, com alarmes e circuito interno de câmeras. E, ainda, não é indicado deixar a luz acesa durante o tempo em que estiver fora, porque na verdade pode ser evidência de que não há ninguém em casa, além de gasto desnecessário de energia. É importante, também, pedir a vizinho ou pessoa de confiança para visitar sua casa sempre que for possível – isso indica que o lar não está vazio e engana os ladrões.

Os cuidados com a segurança durante as férias não devem ser apenas quanto a ações criminosas; é crucial também se certificar de que registros de água e gás, por exemplo, foram bem fechados, para, assim, evitar eventuais desperdícios e acidentes. Esses procedimentos de segurança garantem tranquilidade à família que irá curtir a viagem, sem ninguém precisar se preocupar se irá encontrar surpresas desagradáveis ao voltar.

Amilton Saraiva é especialista em condomínios da GS Terceirização.

Palavra do leitor

Vai entender! – 1 

 Certas decisões tomadas por determinados ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) afrontam a Constituição do País, subestimam a autoridade das Forças Armadas, a Segurança da Nação, e menosprezam a inteligência, a benevolência e o respeito com o povo brasileiro. Isso, no conceito dos mais antigos e entendidos, é o começo do fim. 

Sérgio Antônio Ambrósio

 Mauá

Vai entender! – 2 

 Vassalos travestidos de ministros. O Brasil humilhado. Sem palavras. Aliás, uma só: vergonha.

Nelson Mendes

 São Bernardo

Vai entender! – 3

 Quando a ex-ministra Eliana Calmon afirmou que existia ‘muito bandido de toga’, o que causou revolta no Judiciário e alerta à população, estaria incluindo o STF também? Porque ao povo é essa a impressão que passa. Senão, por que defender com tanta veemência tantos políticos bandidos?

Beatriz Campos

 Capital

Vai entender! – 4 

 Por mais que o ministro Fachin queira dar transparência ao julgamento ocorrido no dia 26, dizendo que juiz não tem causa nem ideologia e julga deixando convicções pessoais de lado, as decisões do ministro Toffoli mostram exatamente o contrário. O trio pró-corrupção soltou José Dirceu. A sociedade está inconformada com a decisão que protege corruptos. A impunidade precisa ser superada. Do contrário, a política e a democracia continuarão sendo sequestradas pela corrupção.

Izabel Avallone

 Capital

Revezamento  

 Buscando encontrar alguma resposta à situação do País, alguns pontos parecem-me cruciais para explicar boa parte de nossas carências e do desgoverno: mais de 15% da Câmara e do Senado são compostos por deputados e senadores com mais de 20 anos de mandato. Vários deles revezam sua permanência no Congresso, candidatando-se e se elegendo a um ou a outro cargo, em verdadeiro sistema de revezamento. A maioria tem filhos, sobrinhos, mulheres e outros parentes como suplentes e/ou empregados nos seus gabinetes; 49% dos deputados federais eleitos em 2014 são filhos, netos ou sobrinhos de políticos e provavelmente sofrem a influência e devem obediência a estes ‘chefes de clãs’. Outubro está às portas. A decisão mais uma vez está em nossas mãos. Com o voto, vamos assumir a responsabilidade com o Brasil, mudar essa triste história, execrar das nossas vidas homens sem caráter e indignos da nossa confiança.

Francisco Emídio Carneiro

São Bernardo

Lula  

 O ‘engaiolado’ mandou recado às sumidades: ‘Eu sei o que vocês fizeram no verão passado’. Imediatamente teve a gaiola aberta com a música cantada pelas excelências: In Ginocchio da Te.

Aparecida Dileide Gaziolla

 São Caetano

Abandonada

 A inexistência de fiscalização torna São Bernardo cidade onde tudo pode. Basta observar a desorganização urbana na infraestrutura nos quatro cantos do município. Há calçadas em via de circulação de pedestre totalmente comprometidas. A mobilidade é tema que está longe de ser prioridade do governo. E a ausência de programa gerador de qualidade de vida está levando-a ao abandono. Situação observada pela população do bairro Jordanópolis. Na Rua Pindorama, ao lado do 411, calçada totalmente executada de forma irregular impacta a circulação, principalmente pedestres que mais precisam de segurança na circulação, como idosos, mulheres grávidas, crianças e cadeirantes. Pedestre é expulso para a via, com risco iminente de acidente.

Gércio Vidal

 São Bernardo



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;