Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 23 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia fecha fábrica de balões onde pássaros também eram mantidos em cativeiro

Policia Militar Ambiental/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do Diário OnLine

27/06/2018 | 10:57


Após denúncia, a Polícia Militar Ambiental fechou, na tarde desta terça-feira (26), uma fábrica clandestina de balões na Vila Morelli, em Mauá. No local também havia 15 pássaros silvestres que eram mantidos ilegalmente em cativeiro.

No imóvel na Rua Benedito Emilio de Oliveira foram apreendidos cinco balões confeccionados e cinco bocas de armação de fogueteira sem fogos.

Os policiais libertaram quatro sabiás, cinco tico-ticos, dois galos de campina, dois picharros, um sanhaço cinzento e um coleiro baiano.

O homem, que já é reincidente em ambos os crimes, será autuado em R$ 75 mil pelos balões e em R$ 15 mil pelos pássaros silvestres que eram mantidos em cativeiro.

O caso foi registrado na Delegacia de Investigação de Crimes contra o Meio Ambiente de Santo André.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia fecha fábrica de balões onde pássaros também eram mantidos em cativeiro

Do Diário OnLine

27/06/2018 | 10:57


Após denúncia, a Polícia Militar Ambiental fechou, na tarde desta terça-feira (26), uma fábrica clandestina de balões na Vila Morelli, em Mauá. No local também havia 15 pássaros silvestres que eram mantidos ilegalmente em cativeiro.

No imóvel na Rua Benedito Emilio de Oliveira foram apreendidos cinco balões confeccionados e cinco bocas de armação de fogueteira sem fogos.

Os policiais libertaram quatro sabiás, cinco tico-ticos, dois galos de campina, dois picharros, um sanhaço cinzento e um coleiro baiano.

O homem, que já é reincidente em ambos os crimes, será autuado em R$ 75 mil pelos balões e em R$ 15 mil pelos pássaros silvestres que eram mantidos em cativeiro.

O caso foi registrado na Delegacia de Investigação de Crimes contra o Meio Ambiente de Santo André.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;