Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Jornalista lança sábado livro com contos à brasileira

Obra é assinada pela escritora de São Caetano Sueli Gutierrez


Miriam Gimenes

27/06/2018 | 07:00


Algumas personalidades como a pintora mexicana Frida Kahlo e a heroína francesa Joana d’Arc tiveram suas histórias conhecidas por muita gente. Mas, a partir de sábado, data do lançamento do livro juvenil Era Uma Vez, Conto Outra Vez, a partir das 10h, na livraria Alpharrabio (Rua Dr. Eduardo Monteiro, 151), em Santo André, elas ganharão novas ‘versões’.

É que a autora, a jornalista de São Caetano Sueli Gutierrez, deu nova roupagem aos contos juvenis, que sempre tiveram como protagonistas os homens e abriu espaço para as mulheres.

A fim de homenagear aquelas que tiveram relevância no mundo artístico – literário, científico e feminista –, como é o caso das duas citadas no início ao texto, adotou seus nomes para as suas personagens. Os contos se passam no Brasil do século 18 e têm como cenário a fauna e flora. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jornalista lança sábado livro com contos à brasileira

Obra é assinada pela escritora de São Caetano Sueli Gutierrez

Miriam Gimenes

27/06/2018 | 07:00


Algumas personalidades como a pintora mexicana Frida Kahlo e a heroína francesa Joana d’Arc tiveram suas histórias conhecidas por muita gente. Mas, a partir de sábado, data do lançamento do livro juvenil Era Uma Vez, Conto Outra Vez, a partir das 10h, na livraria Alpharrabio (Rua Dr. Eduardo Monteiro, 151), em Santo André, elas ganharão novas ‘versões’.

É que a autora, a jornalista de São Caetano Sueli Gutierrez, deu nova roupagem aos contos juvenis, que sempre tiveram como protagonistas os homens e abriu espaço para as mulheres.

A fim de homenagear aquelas que tiveram relevância no mundo artístico – literário, científico e feminista –, como é o caso das duas citadas no início ao texto, adotou seus nomes para as suas personagens. Os contos se passam no Brasil do século 18 e têm como cenário a fauna e flora. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;