Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Dácio aposta na gestão democrática contra a crise

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Verba para investimento da instituição caiu de R$ 47,8 mi para R$ 4,82 mi desde 2016


Bia Moço

26/06/2018 | 07:00


Cerimônia de transmissão do cargo de reitor de Klaus Capelle para Dácio Roberto Matheus, realizada na tarde de ontem na UFABC (Universidade Federal do ABC), marcou também o início de ciclo para a instituição de Ensino Superior. O evento, realizado no piso vermelho do campus Santo André, reuniu 500 pessoas. Todos com a expectativa de que os impactos das crises financeira e política sofridas pela universidade não prejudiquem a comunidade acadêmica.

O novo reitor – assumiu seis meses após o fim do processo eleitoral – terá cenário financeiro pior em relação aos anos anteriores. De 2016 para 2018, o orçamento para custeio da UFABC (gastos primários) aumentou em R$ 1,6 milhão. Em contrapartida, o repasse para investimentos em obras caiu de R$ 47,8 milhões para R$ 4,82 milhões. “O cenário não é bom. É muito ruim. Mas sabemos qual é a situação e conseguimos, pelo menos, dimensionar qual o grau de dificuldade”, diz Matheus.

Para priorizar os gastos, o reitor confia no processo de gestão democrática por meio do conselho universitário. “Lógico que isso não resolve os problemas, mas facilita o entendimento e uma concertação da comunidade em torno dos principais objetivos</CW>.”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dácio aposta na gestão democrática contra a crise

Verba para investimento da instituição caiu de R$ 47,8 mi para R$ 4,82 mi desde 2016

Bia Moço

26/06/2018 | 07:00


Cerimônia de transmissão do cargo de reitor de Klaus Capelle para Dácio Roberto Matheus, realizada na tarde de ontem na UFABC (Universidade Federal do ABC), marcou também o início de ciclo para a instituição de Ensino Superior. O evento, realizado no piso vermelho do campus Santo André, reuniu 500 pessoas. Todos com a expectativa de que os impactos das crises financeira e política sofridas pela universidade não prejudiquem a comunidade acadêmica.

O novo reitor – assumiu seis meses após o fim do processo eleitoral – terá cenário financeiro pior em relação aos anos anteriores. De 2016 para 2018, o orçamento para custeio da UFABC (gastos primários) aumentou em R$ 1,6 milhão. Em contrapartida, o repasse para investimentos em obras caiu de R$ 47,8 milhões para R$ 4,82 milhões. “O cenário não é bom. É muito ruim. Mas sabemos qual é a situação e conseguimos, pelo menos, dimensionar qual o grau de dificuldade”, diz Matheus.

Para priorizar os gastos, o reitor confia no processo de gestão democrática por meio do conselho universitário. “Lógico que isso não resolve os problemas, mas facilita o entendimento e uma concertação da comunidade em torno dos principais objetivos</CW>.”

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;