Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Questão de transparência


Do Diário do Grande ABC

12/06/2018 | 10:28


Será que existe algo de estranho na Fundação Santo André? Há 134 dias este Diário acompanha os desdobramentos da sindicância aberta para apontar nomes de servidores que atuam na instituição de ensino sem terem passado por concurso público, condição admitida pelo próprio reitor Francisco José Santos Milreu. Entretanto, ontem, no que deveria ser a apresentação dos resultados da investigação, quase nada foi revelado.

Aos olhos da comissão responsável pelo pente-fino, até Milreu, assumidamente não concursado, está completamente regular. Ele, inclusive, teria apresentado voluntariamente os documentos que comprovariam a legitimidade de sua contratação, ocorrida em 1989. Situação proporcionalmente inversa a outros 46 colaboradores, cujas identidades são desconhecidas, e que terão de provar que estão aptos a exercer os cargos que hoje ocupam.

Os papéis que teriam atestado a regularidade do reitor foram omitidos. Segundo os responsáveis pela Fundação, por conterem informações pessoais somente podem ser obtidos com ordem judicial. Afirmação com a qual este Diário não compactua. Principalmente porque, na opinião de especialista ouvido pela equipe de reportagem, se o reitor não foi regularmente admitido, destinou-se dinheiro público para pagamento indevido durante anos.

A transparência é obrigação das instituições públicas. E, por isso, em nome da comunidade acadêmica e da sociedade, este Diário entrou ontem com pedido de comprovação documental por meio da Lei de Acesso à Informação. 

Certamente a Fundação Santo André liberará o acesso a tais demonstrativos no prazo legal estabelecido. Dessa forma, não restará dúvidas sobre a lisura do processo em andamento. E isso será devidamente relatado nas páginas do jornal. 

Por outro lado, a não apresentação dos papéis comprovativos denotará a existência de lacunas ou inconsistências. Conjuntura inaceitável para uma instituição tão importante quanto a Fundação Santo André.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados