Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Dia dos Namorados movimenta R$ 72 mi

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Volume é o maior desde 2015, e representa alta de 5% ante a data no ano passado


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

08/06/2018 | 07:30


A compra de presentes para o Dia dos Namorados deve movimentar R$ 72,5 milhões no Grande ABC. De acordo com os dados da PIC (Pesquisa de Intenção de Compras), do Observatório Econômico da Universidade Metodista de São Paulo, divulgados ontem, o volume de desembolsos é o maior desde 2015, quando foram gastos R$ 78,9 milhões, e significa crescimento real (descontada a inflação de 2,76% acumulada em 12 meses) de 5% em relação ao ano passado, quando o valor era de R$ 67 milhões.

Além disso, o consumidor da região está disposto a gastar mais com o presente de seu escolhido. O preço médio por presente é de R$ 174, aumento real de 7% em relação aos R$ 158 de 2017. Quem planeja presentear com mais de um item, os gastos podem chegar a R$ 235 – incremento real de 16% em relação aos R$ 197 do ano passado.

De acordo com o professor e coordenador da pesquisa Sandro Maskio, os números refletem reação no cenário econômico, principalmente no emprego, mesmo que a crise ainda persista. “São dois fatores principais: o mercado de trabalho começou a reagir, ou seja, temos menos pessoas desempregadas. Com isso, a massa de renda começa a melhorar e, após o período mais acentuado de crise, há aumento da confiança do consumidor. Mesmo quem não perdeu o emprego ficou mais cauteloso com os gastos”, afirmou.

O valor reservado aos presentes de namorados também não é maior porque houve ampliação da proporção de moradores com renda de até três salários mínimos (de R$ 954 a R$ 2.862), que representam 42,5% do total. “A gente ainda sofre composição de famílias mais concentradas com menores rendas. Acredito que para alcançar resultados como os de 2015 vai demorar pelo menos mais dois anos, já que, como estamos em ano eleitoral, isso ainda dá uma atrapalhada na retomada da economia”, disse Maskio.

O item preferido para presentear na data é vestuário, opção de 32,5% dos entrevistados pela pesquisa. Em seguida aparecem perfumes e cosméticos (20,5%) e flores (7,4%). “O vestuário sempre é preferência porque há uma amplitude grande nos preços e nas peças. Então você consegue montar presentes com preços menores que caibam para as famílias de menor renda. Também há demanda grande porque estamos na troca de estação”, analisou Maskio.

O proprietário da loja Jane Modas, localizada em São Caetano, Daniel de Oliveira, 39 anos, afirmou que a data é a mais importante para o comércio. “Como apostamos em coleções mais joviais, vendemos mais nesta data do que no Dia das Mães. Estamos otimistas”, disse ele, que projeta 5% de crescimento nas vendas em relação ao ano passado.

COMÉRCIO - O comércio da região projeta que a data, a terceira melhor para o setor, gere crescimento de até 8% nas vendas. A Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André) projeta estimativa de alta entre 3% e 5% em relação ao ano passado.“O início da Copa do Mundo pode afetar um pouco, fazendo com que as pessoas comprem menos. Como o pessoal deixa para última hora, acredito que o movimento seja mais intenso no fim de semana”, afirmou o presidente Pedro Cia Júnior.

A Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo) projeta incremento de 8% nas vendas. Para o vice-presidente Valter Moura Júnior, o comerciante deve aproveitar ao máximo a oportunidade da data. “Ele deve mostrar que o consumidor pode encontrar tudo o que desejar na cidade, sem ter que se deslocar para municípios vizinhos.”
Para a presidente da ACE (Associação Comercial e Empresarial) de Diadema, Vera Lucia Rocha, a projeção é de 4,5% de alta no comércio. Ela pondera que muita gente ainda está aguardando por redução nos preços para efetuar suas compras. “Ainda não é possível mensurar o número de pessoas que vão para as ruas fazer compras no Dia dos Namorados em virtude da atual situação econômica do País, que se agravou nos últimos dias devido à paralisação dos caminhoneiros.”


Restaurantes devem receber 25% a mais de público no dia

Geralmente o Dia dos Namorados vem acompanhado de jantar romântico. Com base nessa aposta, os restaurantes esperam alta de até 25% no faturamento para a data. De acordo com o Sehal (Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação do Grande ABC), na média, a expectativa é a de que os bares e restaurantes registrem aumento de 12% no setor em relação a 2017.

Segundo o presidente da entidade, Roberto Moreira, comparado com uma terça-feira comum, os locais devem registrar fluxo até 50% maior. “A gente vai sentir isso principalmente nos restaurantes e nos bares, onde a data é a mais importante depois do Dia das Mães. A região também já está com quantidade bem razoável de reservas nos motéis, setor onde o Dia dos Namorados é o que mais gera movimento.”

No italiano Berlusconi Bar e Griglia, em Santo André, a expectativa é de alta de 25% em relação ao Dia dos Namorados do ano passado, apesar da crise, que ainda persiste em todo o mercado, pondera o sócio Denis Lofredo. “No ano passado foi a nossa melhor data, pois as mesas são quase sempre para duas pessoas, salvo quando o casal acaba levando o filho, mas é raro. E o tempo de permanência é menor do que com famílias, como no Dia das Mães. Além disso, neste ano optamos por cardápio exclusivo para a data, pois conseguimos atender de forma mais rápida do que se mantivéssemos o cardápio tradicional”, conta ele, que espera receber cerca de 30 clientes a mais do que em 2017, quando a casa ainda tinha menos de um ano. O menu tem duas opções de entrada, três de prato principal e três de sobremesa e sai por R$ 198 para o casal.

Localizada em São Caetano, a Divina Pizzeria vai oferecer menu com duas pizzas napolitanas individuais, vinho e duas sobremesas por R$ 190. De acordo com a proprietária, Denize Tonelotto, 50% do salão está reservado. “Se formos considerar uma terça-feira normal, o aumento é de 100%. Para nós, é a data mais importante porque só abrimos à noite.”

Quem optar por combo restaurante mais hotel, o recém-inaugurado Varanda do Parque, no Mercure andreense, propõe um ‘dois em um’ com hospedagem romântica para celebrar a data. Com pétalas de rosa, taça de fruta com chocolate, café da manhã e late check out às 14h, além do jantar, com entrada, prato principal e sobremesa, sai por R$ 550 no dia 12 e R$ 499 no dia 9.


Shoppings projetam crescimento em até 10% nas vendas

Destino preferido para as compras, os shoppings da região esperam aumento entre 5% e 10% nas vendas para a data em relação ao ano passado. A PIC (Pesquisa de Intenção de Compras) da Universidade Metodista apontou que 54% dos consumidores preferem os centros de compras, seguidos pelo comércio formal dos centros das cidades (17%) e a internet (13%). O comércio de bairro é preferido por 5%.

No Shopping Praça da Moça, em Diadema, a expectativa é de aumento de 10% nas compras. No local, a cada R$ 200 em compras, o cliente pode trocar por cupom para participar do sorteio de viagem para Paris com acompanhante, além de par de ingressos para assistir ao jogo do Paris Saint Germain durante a estadia. A promoção também presenteia os clientes com três modelos de nécessaire. O sorteio será no dia 13.

O Golden Square Shopping, de São Bernardo, tem expectativa de alavancar as vendas em 7% e o fluxo de pessoas em 5% em relação ao ano passado. No espaço, a cada R$ 200 em compras mais R$ 9,90 o cliente escolhe um dos cinco modelos de bola usados pelo Brasil nas Copas do Mundo em que foi campeão. O consumidor ainda concorre a vale viagem da CVC no valor de R$ 13 mil. O sorteio será dia 25.

O Shopping Metrópole, na mesma cidade, espera alta de 5% nas vendas. “Como algumas pessoas deixam para comprar o presente próximo à data, acreditamos que o movimento seja ainda melhor no fim de semana que antecede o dia 12”, informou em nota. O estabelecimento realiza a campanha Torcida Pelo Amor, em que a cada R$ 300 em compras o consumidor pode retirar uma almofada Fom.

O Mauá Plaza Shopping tem expectativa de aumentar em 6,5% o comércio e em 4% o fluxo de clientes. O estabelecimento sorteia três pares de Iphone X no dia 13. Concorre quem gastar ao menos R$ 150.

O Grand Plaza Shopping, em Santo André, tem promoção que sorteia dez pares do smartphone Moto G6 Play. Os clientes ganham cupons a cada R$ 250 em compras. O complexo também opera até as 23h hoje e amanhã. A promoção vai até o dia 17.

No mesmo município, o Atrium Shopping dá direito a uma deocolônia La Flore, da Davene, disponível em cinco fragrâncias, a cada R$ 200 gastos, além de cupom para concorrer a Renault Kwid 2018, até o dia 17.

O Park Shopping São Caetano presenteia os clientes com kit pipoca (almofada, balde para pipoca e dois copos) a cada R$ 350 em compras, com ilustrações com tema da Copa do Mundo. Além disso, concorrem a Nissan Kicks S CVT. O sorteio é no dia 13.

O São Bernardo Plaza Shopping terá, amanhã e domingo, cabine fotográfica com impressão instantânea para o público criar registros da visita ao shopping.


(Colaborou Soraia Abreu Pedrozo) 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados