Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Você se sente motivado no trabalho?


Cíntia Bortotto

04/06/2018 | 07:24


Sempre ouvimos falar que uma das características fundamentais de um bom líder é sua capacidade de motivar seus subordinados. Mas por que isso é tão importante?

Motivação é um tema estudado há muito tempo, pois o ser humano sempre tenta entender o porquê de determinados comportamentos em alguns indivíduos e outros comportamentos em outras pessoas.

O mundo corporativo investe tempo e dinheiro para entender o nível de satisfação de seus funcionários, e percebe que isso está diretamente relacionado ao quanto suas necessidades estão sendo saciadas. O líder tem um papel fundamental neste ponto, pois muitas vezes ele é a representação da organização para os trabalhadores; assim, ele motiva e engaja.

As pesquisas sobre engajamento geram também outros estudos sobre a liderança e o reconhecimento. O reconhecimento aparece como uma forma de motivação e tende a estimular mais funcionários que querem fazer de tudo, para que os objetivos da empresa sejam alcançados.

Assim, é de responsabilidade especialmente do líder se ater a este tema, pois ele sabe que quando a motivação de sua equipe aumenta há um crescimento efetivo na produtividade. As pessoas produzem mais quando estão felizes e motivadas. Ser capaz de detectar o que motiva cada funcionário e o que desmotiva traz eficiência para a sua gestão e é por isso que os líderes devem necessariamente entender do assunto.

Uma das teorias de motivação mais conhecidas é a chamada ‘teoria das necessidades de Maslow’, que, de acordo com uma pirâmide em que elenca a hierarquia das necessidades humanas, o autor acabou levando à luz muitos líderes sobre o que pode motivar seu funcionário, como autorrealização, estima, necessidades sociais, de segurança e básicas.

É sabido que quando as necessidades básicas ou de segurança do ser humano não são atendidas, o nível de insatisfação cresce. Assim, as pessoas precisam ter condições de trabalho que garantam que as necessidades básicas (abrigo, vestimenta, fome, sexo, sede, conforto) e de segurança (proteção, ordem, consciência dos perigos e riscos, senso de responsabilidade) sejam satisfeitas, e as demais aumentam o nível de satisfação e a vontade de pertencer que os funcionários têm.

As estratégias da organização – como um todo – devem reforçar cultura de reconhecimento e forte motivação. Ao líder, cabe o papel de personalizar o reconhecimento, identificando o que cada funcionário que reporta diretamente a ele gosta, prefere ou tem de necessidade, para ter mais satisfação, engajamento e motivação.

Bem, motivação é um exercício constante. Você deve praticá-lo consigo mesmo, com pessoas da sua vida pessoal. Desafiar as pessoas, reconhecer, elogiar deixa a vida mais leve e gostosa. É lógico que a vida não é só feita de elogios, os feedbacks construtivos devem ser dados para o desenvolvimento, mas a vida fica mais motivante quando o reconhecimento faz parte dela!

Siga confiante e boa sorte!
 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;