Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Papa Francisco condena repressão a manifestantes na Nicarágua

Juanca Guzman NegriniGov.Perú/Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


03/06/2018 | 09:37


O Papa Francisco expressou repúdio à violência usada para reprimir protestos sociais na Nicarágua. O líder católico disse a milhares de peregrinos e outros reunidos na Praça de São Pedro no domingo que ele estava orando pelas vítimas e famílias na Nicarágua.

Ele renovou seu apelo ao diálogo, ressaltando que "é necessário um compromisso ativo de respeitar a liberdade e, acima de tudo, a vida". Mais de 110 pessoas foram mortas desde meados de abril em confrontos entre partidários de Daniel Ortega, presidente da Nicarágua desde 2007, e grupos de oposição.

Francisco rezou para que "toda a violência cesse e as condições sejam asseguradas para a retomada dos diálogos o mais rápido possível". Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Papa Francisco condena repressão a manifestantes na Nicarágua


03/06/2018 | 09:37


O Papa Francisco expressou repúdio à violência usada para reprimir protestos sociais na Nicarágua. O líder católico disse a milhares de peregrinos e outros reunidos na Praça de São Pedro no domingo que ele estava orando pelas vítimas e famílias na Nicarágua.

Ele renovou seu apelo ao diálogo, ressaltando que "é necessário um compromisso ativo de respeitar a liberdade e, acima de tudo, a vida". Mais de 110 pessoas foram mortas desde meados de abril em confrontos entre partidários de Daniel Ortega, presidente da Nicarágua desde 2007, e grupos de oposição.

Francisco rezou para que "toda a violência cesse e as condições sejam asseguradas para a retomada dos diálogos o mais rápido possível". Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;