Fechar
Publicidade

Domingo, 18 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em crise, Palmeiras desafia o embalado São Paulo na Arena

Montagem/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Alviverde espera retirar pressão sobre o técnico, enquanto Tricolor quer seguir em busca da liderança


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

02/06/2018 | 07:00


Palmeiras e São Paulo chegam em momentos completamente opostos para o clássico de hoje, às 21h, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Entretanto, diferentemente do que poderia se prever há algumas semanas, a crise está instalada do lado verde. Sem vencer há três rodadas, os palmeirenses veem pressão total sobre o técnico Roger Machado por resultado positivo diante do rival. Já os são-paulinos, na terceira posição, estão invictos na competição e curtem as boas fases dos outrora questionados Nenê e Diego Souza.

Dos dois lados, jogadores e comissões técnicas sabem da importância de vencer uma partida como esta, que tem por característica dar moral para o lado vencedor e até mesmo derrubar treinador no lado perdedor.

“Clássico não tem favorito, mas, com tudo o que o professor Roger vem pedindo e com o que a gente vem passando, temos de focar ao máximo para que essa possa ser a nossa volta por cima”, disse o zagueiro palmeirense Antônio Carlos. “Precisamos trabalhar bastante para reverter a nossa situação. Iremos focados para o jogo, sabemos da importância dele e da qualidade do time do São Paulo. Veremos o que o Roger fará para conseguirmos uma vitória”, emendou o defensor.

“É clássico, tudo pode acontecer. O Palmeiras é uma das principais equipes do Brasil, tem um elenco junto há muito tempo. Nosso foco principal é continuar, dar seguimento ao trabalho com muita humildade. Existe uma felicidade, porque o momento, sim, é bom, mas sabemos tudo o que passamos para adquirir essa maturidade. Nosso momento é bom e estamos preparados para vencer”, declarou o são-paulino Petros.
No Palmeiras, Roger Machado não terá o lateral-direito Marcos Rocha, suspenso. Jean pode ser a novidade em sua vaga. Por outro lado, Felipe Melo deve retornar após ser desfalque por motivos clínicos. Diogo Barbosa, que esteve suspenso contra o Cruzeiro, tem retorno garantido na esquerda.

No São Paulo, Diego Aguirre não tem problemas por suspensão. Assim, deve repetir o time que venceu o Botafogo por 3 a 2, quarta-feira, no Morumbi, com o trio Everton, Diego Souza e Nenê em grande fase no comando ofensivo. (com Agências) 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em crise, Palmeiras desafia o embalado São Paulo na Arena

Alviverde espera retirar pressão sobre o técnico, enquanto Tricolor quer seguir em busca da liderança

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

02/06/2018 | 07:00


Palmeiras e São Paulo chegam em momentos completamente opostos para o clássico de hoje, às 21h, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Entretanto, diferentemente do que poderia se prever há algumas semanas, a crise está instalada do lado verde. Sem vencer há três rodadas, os palmeirenses veem pressão total sobre o técnico Roger Machado por resultado positivo diante do rival. Já os são-paulinos, na terceira posição, estão invictos na competição e curtem as boas fases dos outrora questionados Nenê e Diego Souza.

Dos dois lados, jogadores e comissões técnicas sabem da importância de vencer uma partida como esta, que tem por característica dar moral para o lado vencedor e até mesmo derrubar treinador no lado perdedor.

“Clássico não tem favorito, mas, com tudo o que o professor Roger vem pedindo e com o que a gente vem passando, temos de focar ao máximo para que essa possa ser a nossa volta por cima”, disse o zagueiro palmeirense Antônio Carlos. “Precisamos trabalhar bastante para reverter a nossa situação. Iremos focados para o jogo, sabemos da importância dele e da qualidade do time do São Paulo. Veremos o que o Roger fará para conseguirmos uma vitória”, emendou o defensor.

“É clássico, tudo pode acontecer. O Palmeiras é uma das principais equipes do Brasil, tem um elenco junto há muito tempo. Nosso foco principal é continuar, dar seguimento ao trabalho com muita humildade. Existe uma felicidade, porque o momento, sim, é bom, mas sabemos tudo o que passamos para adquirir essa maturidade. Nosso momento é bom e estamos preparados para vencer”, declarou o são-paulino Petros.
No Palmeiras, Roger Machado não terá o lateral-direito Marcos Rocha, suspenso. Jean pode ser a novidade em sua vaga. Por outro lado, Felipe Melo deve retornar após ser desfalque por motivos clínicos. Diogo Barbosa, que esteve suspenso contra o Cruzeiro, tem retorno garantido na esquerda.

No São Paulo, Diego Aguirre não tem problemas por suspensão. Assim, deve repetir o time que venceu o Botafogo por 3 a 2, quarta-feira, no Morumbi, com o trio Everton, Diego Souza e Nenê em grande fase no comando ofensivo. (com Agências) 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;