Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Na Marcha para Jesus de SP, Doria sobe em trio elétrico com Flávio Rocha



31/05/2018 | 10:52


O ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), pré-candidato ao governo de São Paulo, subiu no principal trio elétrico da Marcha para Jesus, na capital paulista, junto com o empresário Flávio Rocha, presidenciável do PRB, defendendo um "palanque pelo Brasil".

"O ponto único é de defesa do Brasil, do crescimento do Brasil nem à esquerda nem à direita. É um palanque do Brasil. Não é um palanque do PSDB, nem um palanque do PRB", disse o tucano, ao subir no trio, que também conta com o prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), e líderes religiosos como o apóstolo Estevam Hernandes.

Mesmo com Geraldo Alckmin (PSDB) como pré-candidato ao Planalto pelo seu partido, Doria anunciou nesta quarta-feira, 30, que subiria no palanque de Flávio Rocha em nome de uma união do centro nas eleições presidenciais. O objetivo, disse Doria, é evitar uma vitória de Jair Bolsonaro (PSL) ou de Ciro Gomes (PDT) na disputa.

O evento desta quinta-feira, que reúne fiéis de diversas igrejas evangélicas, conta com 11 trios elétricos que se deslocam desde a Praça da Luz, na região central de São Paulo, até a Praça Heróis da FEB, na zona norte.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Na Marcha para Jesus de SP, Doria sobe em trio elétrico com Flávio Rocha


31/05/2018 | 10:52


O ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), pré-candidato ao governo de São Paulo, subiu no principal trio elétrico da Marcha para Jesus, na capital paulista, junto com o empresário Flávio Rocha, presidenciável do PRB, defendendo um "palanque pelo Brasil".

"O ponto único é de defesa do Brasil, do crescimento do Brasil nem à esquerda nem à direita. É um palanque do Brasil. Não é um palanque do PSDB, nem um palanque do PRB", disse o tucano, ao subir no trio, que também conta com o prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), e líderes religiosos como o apóstolo Estevam Hernandes.

Mesmo com Geraldo Alckmin (PSDB) como pré-candidato ao Planalto pelo seu partido, Doria anunciou nesta quarta-feira, 30, que subiria no palanque de Flávio Rocha em nome de uma união do centro nas eleições presidenciais. O objetivo, disse Doria, é evitar uma vitória de Jair Bolsonaro (PSL) ou de Ciro Gomes (PDT) na disputa.

O evento desta quinta-feira, que reúne fiéis de diversas igrejas evangélicas, conta com 11 trios elétricos que se deslocam desde a Praça da Luz, na região central de São Paulo, até a Praça Heróis da FEB, na zona norte.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;