Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vacinação contra gripe pode ter prazo prorrogado em razão de paralisações

Adão de Souza/PBH/Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


30/05/2018 | 16:14


O governo federal deve prorrogar os prazo de duração da campanha de vacinação contra a gripe, segundo afirmou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi. A prorrogação é consequência do impacto sobre o abastecimento causado pela paralisação de caminhoneiros. Cerca de 67% da população foi vacinada e o objetivo é atingir 95%, disse Occhi.

O ministro afirmou que a prorrogação por mais 15 dias já foi acordada e que, após esse prazo, será preciso avaliar o cenário para decidir sobre a possibilidade de uma extensão maior do prazo da campanha.

Occhi afirmou que o ministério não tem uma estimativa dos prejuízos causados pela paralisação, mas acrescentou que o governo tem trabalhado para liberar o transporte de medicamentos e insumos para a indústria farmacêutica.

"Naquilo que nos é demandado, estamos atuando. Liberando carreta, colocando em comboios ou em via aérea se for necessário", acrescentou Occhi. Ele não quis dar uma estimativa de prazos para normalização do abastecimento, mas considerou que a perspectiva é de melhora gradual.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vacinação contra gripe pode ter prazo prorrogado em razão de paralisações


30/05/2018 | 16:14


O governo federal deve prorrogar os prazo de duração da campanha de vacinação contra a gripe, segundo afirmou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi. A prorrogação é consequência do impacto sobre o abastecimento causado pela paralisação de caminhoneiros. Cerca de 67% da população foi vacinada e o objetivo é atingir 95%, disse Occhi.

O ministro afirmou que a prorrogação por mais 15 dias já foi acordada e que, após esse prazo, será preciso avaliar o cenário para decidir sobre a possibilidade de uma extensão maior do prazo da campanha.

Occhi afirmou que o ministério não tem uma estimativa dos prejuízos causados pela paralisação, mas acrescentou que o governo tem trabalhado para liberar o transporte de medicamentos e insumos para a indústria farmacêutica.

"Naquilo que nos é demandado, estamos atuando. Liberando carreta, colocando em comboios ou em via aérea se for necessário", acrescentou Occhi. Ele não quis dar uma estimativa de prazos para normalização do abastecimento, mas considerou que a perspectiva é de melhora gradual.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;