Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Atila e Gaspar são transferidos para o CDP de Pinheiros

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Tendência é a de que a dupla seja transferida também para o presídio em Tremembé


Do Diário OnLine

29/05/2018 | 15:14


O prefeito afastado de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), e o ex-secretário de Transportes da cidade João Gaspar (PCdoB) foram transferidos na manhã desta terça-feira (29) da carceragem da PF (Polícia Federal) de São Paulo para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Pinheiros. A informação foi confirmada pela assessoria da PF.

A dupla foi detida no dia 9 após a Operação Prato Feito, que apura suspeita de superfaturamento de contratos da merenda escolar em prefeituras paulistas. Ambos foram presos porque policiais encontraram dinheiro vivo na casa deles – R$ 87 mil na residência de Atila e quase R$ 600 mil na casa de Gaspar.

A tendência é a de que a dupla seja transferida também para o presídio em Tremembé, no Interior, caso não haja desfecho da análise do habeas corpus impetrado pela defesa de Atila no STF (Supremo Tribunal Federal). O pedido está nas mãos do ministro Gilmar Mendes desde a semana passada. (com informações de Júnior Carvalho)
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atila e Gaspar são transferidos para o CDP de Pinheiros

Tendência é a de que a dupla seja transferida também para o presídio em Tremembé

Do Diário OnLine

29/05/2018 | 15:14


O prefeito afastado de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), e o ex-secretário de Transportes da cidade João Gaspar (PCdoB) foram transferidos na manhã desta terça-feira (29) da carceragem da PF (Polícia Federal) de São Paulo para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Pinheiros. A informação foi confirmada pela assessoria da PF.

A dupla foi detida no dia 9 após a Operação Prato Feito, que apura suspeita de superfaturamento de contratos da merenda escolar em prefeituras paulistas. Ambos foram presos porque policiais encontraram dinheiro vivo na casa deles – R$ 87 mil na residência de Atila e quase R$ 600 mil na casa de Gaspar.

A tendência é a de que a dupla seja transferida também para o presídio em Tremembé, no Interior, caso não haja desfecho da análise do habeas corpus impetrado pela defesa de Atila no STF (Supremo Tribunal Federal). O pedido está nas mãos do ministro Gilmar Mendes desde a semana passada. (com informações de Júnior Carvalho)
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;