Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ministro do STJ rejeita habeas corpus de Atila

Marina Brandão/Arquivo DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeito licenciado de Mauá segue preso na carceragem da Polícia Federal, em São Paulo


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

16/05/2018 | 11:46


O ministro Rogério Shietti Cruz, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), rejeitou na manhã desta quarta-feira (16) o pedido de habeas corpus feito pela defesa do prefeito licenciado de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), preso desde a semana passada após a Operação Prato Feito, que investiga denúncias de desvio de recurso na merenda escolar em 30 cidades paulistas.

Com a decisão do ministro, Atila seguirá detido na carceragem da PF (Polícia Federal), em São Paulo, onde está desde a quarta-feira da semana passada. Ele foi preso em flagrante depois que policiais encontraram R$ 87 mil em espécie em sua residência quando cumpriam mandado de busca e apreensão na casa do político. Inicialmente, Atila era apenas investigado, suspeito de ter recebido parte da verba desviada de contratos da merenda escolar.

A defesa de Atila ainda não se posicionou a respeito dos próximos passos jurídicos. Os advogados asseguram que o dinheiro encontrado na casa de Atila é compatível com a renda dele e que não advém de propina da merenda.

Atila se licenciou do cargo nesta terça-feira (15), por até 15 dias. Vice-prefeita, Alaíde Damo (MDB) está como prefeita em exercício. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ministro do STJ rejeita habeas corpus de Atila

Prefeito licenciado de Mauá segue preso na carceragem da Polícia Federal, em São Paulo

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;