Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Semáforos desligados põem vidas em risco

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ladrões roubaram a fiação dos equipamentos


Bianca Barbosa

16/05/2018 | 07:00


Motoristas e pedestres que passam pelo cruzamento entre as avenidas Lauro Gomes e Prestes Maia sofrem com a falta de sinalização desde o início do ano, pois fios de dois semáforos têm sido roubados com frequência. Localizados no bairro Sacadura Cabral, em Santo André, os equipamentos são alvo de ladrões a cada 15 dias, segundo moradores. O funcionamento dos semáforos é imprescindível para o local, que tem um dos cruzamentos mais perigosos do município.

Conhecida pelos serviços prestados no bairro desde 1971, a costureira Angelina Nunes de Oliveira, 64 anos, conta sobre o número de acidentes, que praticamente dobrou no período em que os semáforos estão fora de operação. “Esse cruzamento sempre foi perigoso, agora está mais. Roubaram os fios faz tempo e não arrumaram”, contou. 

Há seis anos ela possui o comércio próximo ao cruzamento, e da mesa de costura consegue visualizar o movimento do outro lado da avenida, onde o problema ocorre. “Quarta-feira passada dois carros bateram, e na mesma semana um carro e um caminhão também colidiram. Sempre teve acidente, mas agora piorou”, relatou.

O filho de dona Angelina, o motoboy Ronaldo francisco de Oliveira, 44, que passa no cruzamento todos os dias, alerta: “Não é a primeira vez que isso acontece, roubam os fios de 15 em 15 dias. É um completo descaso com a comunidade”, opinou. Por conta da ação dos ladrões, a mãe dele cancelou a assinatura de telefone. “Passava mais dias com a linha muda do que atendendo, de tanto que roubam. Preferi ficar sem telefone do que pagar pelo que não podia usar”, lamentou.

Para o serralheiro Everaldo Barbosa da Silva, 52, que tem ponto no local há seis anos, a questão é simples. “Basta que identifiquem quem compra fio queimado de cobre. Se souberem quem faz isso acabam com o esquema. Se não tem quem compra, não tem motivo para roubar.” Ele faz parte de grande parte de comerciantes que não acreditam mais na melhoria do local. “Estamos abandonados, é isso que você está vendo aqui”, disse, referindo-se à quantidade de usuários de droga que circulam pela área.

Segundo nota da Prefeitura, os dois semáforos no sentido São Bernardo-Santo André sofreram danos de grande monta pela ação de ladrões, o que dificulta o reparo imediato. Informa ainda que estuda solução para o problema. “Enquanto isso, solicitamos aos motoristas atenção, respeitando a preferencial, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro”. 

Já a Polícia Militar informou, por meio de nota, que recebeu apenas uma ocorrência de furto de fios na área, e que tem feito operações pela manhã e à noite 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;