Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Dirigentes do Banco do Japão temem efeitos de política acomodatícia, mostra ata



07/05/2018 | 05:03


Alguns dirigentes do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) continuaram mostrando temores em relação a possíveis efeitos colaterais da política monetária ultra-acomodatícia do banco central japonês, segundo ata da reunião da instituição de 8 e 9 de março.

Para eles, o BoJ precisa conduzir uma avaliação abrangente do impacto do relaxamento monetário, informa o documento, que foi divulgado no fim da noite de ontem.

De qualquer forma, a ata mostra que a maioria dos dirigentes do BoJ defende que, por enquanto, a instituição mantenha sua agressiva política de estímulos.

O documentou revela ainda que alguns dirigentes do BoJ esperam que o BC japonês reafirme sua política acomodatícia de forma mais clara, uma vez que investidores continuam especulando sobre uma possível mudança no sentido de apertar as condições monetárias. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dirigentes do Banco do Japão temem efeitos de política acomodatícia, mostra ata


07/05/2018 | 05:03


Alguns dirigentes do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) continuaram mostrando temores em relação a possíveis efeitos colaterais da política monetária ultra-acomodatícia do banco central japonês, segundo ata da reunião da instituição de 8 e 9 de março.

Para eles, o BoJ precisa conduzir uma avaliação abrangente do impacto do relaxamento monetário, informa o documento, que foi divulgado no fim da noite de ontem.

De qualquer forma, a ata mostra que a maioria dos dirigentes do BoJ defende que, por enquanto, a instituição mantenha sua agressiva política de estímulos.

O documentou revela ainda que alguns dirigentes do BoJ esperam que o BC japonês reafirme sua política acomodatícia de forma mais clara, uma vez que investidores continuam especulando sobre uma possível mudança no sentido de apertar as condições monetárias. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;