Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Funcionários da Sabesp e da Cetesb decidem continuar em greve


Do Diário Online
Com Diário do Grande ABC

05/06/2008 | 07:02


Em audiência realizada nesta quarta-feira, os funcionários da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) decidiram continuar em greve.

Ontem, a empresa de saneamento tentou uma negociação, mas não houve acordo com os representantes dos trabalhadores. E a reunião marcada para o fim da tarde com a Secretaria de Saneamento não aconteceu.

Segundo o Sintaema (Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo), esperava-se que a secretaria apresentasse uma nova proposta. Os dirigentes chegaram a dirigir-se ao local para o encontro, mas não houve negociação.

Segundo o diretor de imprensa da entidade, Renê Vicente Santos, além da proposta de reajuste estar muito abaixo do que a categoria reivindica, as duas empresas paulistas querem diminuir o percentual de trabalhadores que possuem estabilidade.

Segundo a Sabesp e a Cetesb, os serviços essenciais estão sendo realizados normalmente, assim como os casos de emergência. Para não prejudicar a população, 30% dos trabalhadores se revezam em sistema de plantão.

Uma nova assembléia foi marcada para sexta-feira, às 10h, em frente à Sabesp da Ponte Pequena.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Funcionários da Sabesp e da Cetesb decidem continuar em greve

Do Diário Online
Com Diário do Grande ABC

05/06/2008 | 07:02


Em audiência realizada nesta quarta-feira, os funcionários da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) decidiram continuar em greve.

Ontem, a empresa de saneamento tentou uma negociação, mas não houve acordo com os representantes dos trabalhadores. E a reunião marcada para o fim da tarde com a Secretaria de Saneamento não aconteceu.

Segundo o Sintaema (Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo), esperava-se que a secretaria apresentasse uma nova proposta. Os dirigentes chegaram a dirigir-se ao local para o encontro, mas não houve negociação.

Segundo o diretor de imprensa da entidade, Renê Vicente Santos, além da proposta de reajuste estar muito abaixo do que a categoria reivindica, as duas empresas paulistas querem diminuir o percentual de trabalhadores que possuem estabilidade.

Segundo a Sabesp e a Cetesb, os serviços essenciais estão sendo realizados normalmente, assim como os casos de emergência. Para não prejudicar a população, 30% dos trabalhadores se revezam em sistema de plantão.

Uma nova assembléia foi marcada para sexta-feira, às 10h, em frente à Sabesp da Ponte Pequena.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;