Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Na missa do Lava-pés, bispo afirma que falta exemplo no País

Denis Maciel  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Para líder religioso, políticos precisam seguir os ensinamentos de Cristo e servir ao povo


Bia Moço
Especial para o Diário

30/03/2018 | 07:00


 Cerca de 100 fiéis celebraram, na noite de ontem, a tradicional missa de Lava-pés na Capela São José da Paróquia São Pedro e São Paulo, em São Bernardo. O início do tríduo pascal foi marcado pela presença do bispo diocesano dom Pedro Carlos Cipollini, que disse faltar exemplo dos governantes em servir à população.

Em seu discurso, o líder religioso fez alusão ao ato que Cristo realizou ao lavar os pés de seus 12 discípulos com a falta de exemplo de governantes. “Nesta quinta-feira (ontem) celebramos algo maravilhoso, onde Jesus nos dá uma grande lição. Os apóstolos discutiam sobre quem seria o mais poderoso. Jesus levantou, pegou uma bacia e lavou os pés de cada um, coisa que quem fazia eram os escravos. Isso serviu para mostrar que o mestre serviu-os. É isso que teriam de fazer nossos governantes, servir ao povo.”

O bispo criticou a postura de políticos e, em apelo, pediu que a população lembrasse sobre os ensinamentos de Cristo. Dom Pedro ressaltou que quem vai decidir quais são as pessoas que devem comandar e servir é o próprio povo. “Precisamos de pessoas que sirvam e que coloquem-se a serviço dos irmãos. É isso que estamos precisando.”

Em gesto inspirado na lição dada por Cristo, dom Pedro desceu do altar e ajoelhou-se para lavar e beijar os pés de 12 crianças, do grupo de catequese da capela, que participavam da celebração eucarística que instituiu o mandamento do amor ao próximo. Os pequenos riam e comemoravam por terem sido os ‘escolhidos’. Antes de dar início ao ato, o líder religioso perguntou às crianças se sabiam o que significava lavar os pés e explicou, carinhosamente. “O ato representa ser bom, fazer o bem ao outro. Temos de nos lembrar do que temos de fazer. Vencer o mal, promovendo o bem.”

Ele lembrou que há anos vem dizendo que a palavra amor está “gasta”, uma vez que a população não a usa com a conotação deixada por Jesus. “A Semana Santa não deixa que a sociedade esqueça esse sentimento puro. Mas não digo o amor romântico, e sim do amor serviço. Doar-se ao próximo. É isso que Cristo nos deixou como seu maior ensinamento.”

A festividade da Páscoa prossegue hoje, quando serão realizadas celebrações que marcam a crucificação e morte de Jesus. A Hora Santa será às 9h, na Igreja Matriz de Santo André. A tradicional Procissão do Senhor Morto será a partir das 15h, na Comunidade Santa Luzia da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, em São Bernardo.

 

 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;